H1N1 muda o comportamento das pessoas pelo mundo afora

influenzaA nova onda é a famigerada gripe suína, onde o malfadado H1N1 trará morte e destruição, fazendo-nos cair na barbárie, matando-nos mutuamente, deflagrando guerras e propiciando miséria e fome. Infelizmente, a humanidade já tava assim antes e o vírus deve ter pensando “Holy crap! Cheguei tarde!”. Não obstante, o comportamento das pessoas mudou com isso, e há uma onda de higienização, que tende mais para palhaçada, já que o ser humano tem um gene especializado em burrice, expressado quando qualquer evento fora do comum acontece, ainda mais quando tais pessoas possuem grau de inteligência equivalente ao de uma ameba retardada (cerca de 90% da população).

A “mania de limpeza” (que não passa de mania, mesmo) chega até mesmo nos mais profundos meandros da psique humana, a ponto de refletir no lado mais obscuro da mente, principalmente nas partes responsáveis pelo sentimento religioso. Por causa do vírus stephenkingiano que está prestes a dizimar a humanidade (será o arrebatamento chegando?), as autoridades da cidade de Nápoles decidiram impedir seus devotos de ficarem beijando um relicário que, supostamente, de San Gennaro.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: