Competência física individual determina evolução da espécie

parasitaUm modelo que examina o comportamento de parasitas ao infectarem seus anfitriões torna desnecessário o paradigma evolutivo da seleção de grupo, afirmam cientistas do Canadá e do Reino Unido. O motivo para que organismos exibam comportamentos ou outras adaptações que não lhes sejam diretamente benéficos em termos individuais é algo que causou conflitos entre diferentes escolas de pensamento científico por gerações.

Abelhas que passam suas vidas servindo à rainha, por exemplo, e elefantes que cuidam dos filhotes de outros animais do grupo, estão participando de atos cooperativos que poderiam arruinar sua chance de reprodução enquanto espécimes individuais.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: