A diversidade do islã

islaSeria pueril criticar o discurso do presidente Obama no Cairo para o mundo muçulmano. Foi bem redigido e, como de costume, bem proferido. Teve o impacto pretendido, apesar de serem difíceis as ações que sustentarão as palavras.

Contudo, o discurso sugeriu uma divisão entre muçulmanos e não-muçulmanos maior do que realmente existe. Houve uma falta de reconhecimento implícito na grande diversidade do islamismo, uma religião que, como o cristianismo, formou e foi formada pelas sociedades às quais se ligou.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: