Recife: quando muita fé escancara muito problema

medicina_religiaoO Diário de Pernambuco do último dia 20 mostrou que a sociedade acredita muito mais no alegado poder da fé religiosa do que nas ciências médicas em se tratando de tratamento de doenças. Mais que uma mera questão de credo, a pesquisa escancarou dois problemas sérios: a educação brasileira dos últimos 50 anos fracassou retumbantemente no ensino de disciplinas científicas e a falência da saúde pública corroeu a credibilidade dos médicos e dos hospitais. Convém fazer a análise que o jornal não fez, a verdade que se escancarou, ainda que a constatação aqui presente irrite cristãos fundamentalistas.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: