Americana obtém direito de coletar sêmen de noivo morto

gisela_marreroA quem pertence os restos mortais de alguém? E até onde vão esses pertences? Uma moradora de Nova York venceu na Justiça a corrida contra o tempo para coletar o sêmen de seu noivo. Isso parece algo demais? E se eu disse que o referido noivo sofreu morte repentinamente na quinta-feira (16/04)? Não, isso não é nenhum enredo de livro do Stephen King.

Gisela Marrero (foto ao lado) disse ao tribunal do Bronx que ela e o companheiro haviam conversado sobre o desejo de ter outro filho na véspera da morte do agora defunto noivo, que provavelmente sofreu um ataque cardíaco (será??).

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: