Substância associada à confiança e relações afetivas também ajuda a reconhecer rostos familiares

facesNovo estudo sobre a oxitocina pode esclarecer as causas de misteriosos transtornos neurológicos e psicológicos, além de facilitar a identificação de rostos conhecidos.

De acordo com Ulrike Rimmele, psicólogo na Universidade de Zurique, na Suíça, e principal pesquisador desse estudo, “há uma evidência inicial de que o sistema central da oxitocina é alterado em vários transtornos mentais caracterizados por distúrbios sociais severos, como autismo, transtorno obsessivo-compulsivo e transtornos de personalidade”.

Entender como a oxitocina afeta os mecanismos sociais básicos, como reconhecimento de outro ser humano, é pré-requisito para o estudo de comportamentos humanos mais complexos.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: