ICAR muda de ideia e critica excomunhão no caso da menor grávida

excomungadoAs pessoas mais idosas tinham ditados eficiente e que retratavam bem o mundo, mas infelizmente as pessoas não costumam dar ouvidos, e a ICAR é uma boa prova disso.

“Passarinho que come pedra sabe o cu que tem”, já dizia o adágio. Só que algumas bestas não sabem o cu que têm e comem além de sua cota de pedras, tendo um desfecho pra lá de indigesto, como foi o caso da menina de nove anos grávida de gêmeos mostrou. Vendo que a opinião pública se voltou contra seus dogmas idiotas, o Império do Mal voltou-se contra um de seus Siths, mostrando que, como todo bom predador, eles não desdenham voltar-se contra um de seus membros (ops), quando o caldo entorna.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: