Após tratamento com células-tronco, menina vê ‘luz no fim do túnel’

cegaApesar de alguns religiosos, como os chatólicos desejarem que todos voltemos à Idade das Trevas, ao se manifestarem contra as pesquisas com células-tronco, usando os argumentos mais estapafúrdios como ‘estão brincando de Deus’ (e outras baboseiras comuns), mais uma vez o avanço delas demonstra que a Humanidade pode – e muito – se beneficiar com resultados práticos de tais pesquisas.

Recentemente, uma menina britânica (chamada Dakota Clarke, da cidade de Newtownabbey, na Irlanda do Norte), de oito anos de idade, que nasceu cega teve a oportunidade de ver pela primeira vez, após submeter-se a um tratamento com células-tronco.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: