Os mistérios do “efeito placebo”

placeboO fenômeno pelo qual uma substância inerte (por exemplo, um torrão de açúcar) parece ter propriedades curativas quando é administrada como um medicamento se denomina “efeito placebo”. Não precisa ser um comprimido inerte, também pode ser uma operação na qual não se remova nada, ou uma injeção de soro salino. Por que algo que não tem princípio ativo pode ter efeito? A explicação desse fenômeno é cada vez mais conhecida. O que se sabe derruba algumas ideias preconcebidas.

Talvez a cena lhe pareça familiar. Sente uma terrível dor de cabeça, toma um analgésico e alguns minutos depois a dor parece ter evaporado. O alívio não pode ser atribuído ao medicamento, porque literalmente não teve tempo de chegar ao sangue e produzir um efeito. O que aconteceu deve ser atribuído ao famoso efeito placebo: a psicologia a serviço da cura.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: