Pesquisadores colocam medicina alternativa à prova

Mais de 80 milhões de adultos nos Estados Unidos utilizam alguma forma de medicina alternativa, de acordo com estimativas – de ervas e megavitaminas a ioga e acupuntura.

Mas embora alegações de eficiência ambiciosas sejam feitas com relação a esses tratamentos, provas científicas quanto a eles muitas vezes ficam muito para trás. Os estudos e testes clínicos, quando existem, podem ser projetados de maneira ineficaz e conduzidos em escala pequena demais para propiciar percepções confiáveis.

Agora o governo federal está trabalhando com afinco para elevar os padrões de prova, em um esforço por distinguir o que é efetivo do que é inútil e até mesmo perigoso. Read more »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: