Padre argentino que não crê em Adão e Eva é proibido de lecionar

O Vaticano ordenou que um sacerdote do norte da Argentina deixasse de dar aulas universitárias e evitasse publicar artigos por não acreditar na existência de Adão e Eva, informou hoje a imprensa local.

A Santa Sé exigiu que o padre Ariel Álvarez Valdés, doutor em teologia bíblica, abandonasse qualquer atividade acadêmica, como sua docência na Universidad Católica de Santiago del Estero (UCSE) e no Seminário Diocesano de Catequese.

Read more »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: