Estudo: cidades brasileiras são “quase labirintos”

Um estudo apresentado na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Brasília (UnB) apontou que as cidades brasileiras são as mais difíceis do mundo para as pessoas se deslocarem. De acordo com a pesquisa, defendida pelo arquiteto Valério Augusto Soares de Medeiros em tese de doutorado, os centros urbanos do País são os mais “labirínticos” do planeta.

O arquiteto traçou o mapa das ruas de 44 metrópoles nacionais, a maioria com mais de 300 mil habitantes, além de avaliar a facilidade de deslocamento ao longo das vias, comparado com outras 120 cidades das Américas, incluindo Lisboa, Londres, Veneza, Pequim, Hong Kong e Nova York. Read more »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: