Organismos multi-robóticos terão sistema imunológico e poderão evoluir

symbion.jpgEnxames de micro-robôs atuando cooperativamente não são um conceito novo (veja alguns exemplos). Um grupo de cientistas da Universidade de York, na Inglaterra, está dando um passo além, e começa a falar de “organismos multi-robóticos.”

Esses “organismos” são formados por inúmeros robôs individuais, cada um não maior do que um cubo de açúcar. Eles devem atuar em conjunto, como se fossem um só – uma forma de vida artificial, eventualmente capaz até mesmo de evoluir a partir da interação com o seu meio ambiente. O objetivo do projeto Symbrion (Symbiotic Evolutionary Robot Organisms) é entender os princípios segundo os quais os robôs podem se transformar em um organismo artificial único e evoluírem. Read more »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: