Ancestrais do homem já eram bípedes há 6 milhões de anos

bipede.jpgPesquisa analisou misterioso osso da coxa do hominídeo africano Orrorin tugenensis. Conclusão é que criatura andava ereta, tal como australopitecos, bem mais recentes. Uma dupla de pesquisadores americanos pode ter conseguido um feito raro nos estudos sobre a evolução humana: simplificar um pouco as coisas, em vez de complicá-las. Analisando a anatomia de um dos mais antigos ancestrais do homem, o Orrorin tugenensis, de 6 milhões de anos, eles concluíram que ele era bípede, com um andar muito parecido com o dos australopitecos, velhos conhecidos dos antropólogos.

Se a dupla estiver correta, cai por terra a idéia de que o O. tugenensis seria uma criatura “à frente de seu tempo”, mais próxima do nosso próprio gênero (o Homo, do famoso binômio Homo sapiens) do que quase todos os outros hominídeos que existiram entre 6 milhões e 2 milhões de anos atrás. Read more »

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: