Depois da Microsoft, Apple entra na mira de piratas virtuais

apple_hunt.jpgDurante anos, a Microsoft foi o principal alvo de piratas virtuais que exploravam brechas de segurança em busca de ganhos financeiros. No entanto, indica um estudo da empresa de segurança Sophos, o ano de 2007 indicou uma tendência da expansão desse tipo de golpe tendo como vítimas os usuários dos computadores Mac, da Apple.

“O estudo revela que, em 2007, o crime organizado bateu pela primeira vez à porta dos Macs com a intenção de roubar dinheiro. Códigos maliciosos já existiam para esses computadores, mas até recentemente os criminosos não viam esses usuários como vítimas [de golpes financeiros]”, afirma a empresa. A pesquisa analisa o cenário do ano passado e também traça tendências para 2008.

No final de 2007, continua, muitos piratas passaram a desenvolver códigos maliciosos para Macs, depois de perceberem a existência de um “mercado rentável” entre esses usuários. Muitas versões do cavalo de tróia RSPlug, identificado pela primeira vez em novembro do ano passado, por exemplo, foram colocadas em sites com o objetivo de infectar os Macs que visitavam essas páginas. Esse código malicioso, explica a Sophos, tem como o objetivo a realização de golpes financeiros e o roubo de identidade.

“Essa tendência não deve ser subestimada. Apesar de os Macs ainda terem um longo caminho até chegar à popularidade dos PCs, principalmente dentro das empresas, sua crescente adoção se mostrou irresistível às cibergangues”, disse Graham Cluley, consultor de tecnologia da Sophos.

Apesar do alerta, o especialista admite que o problema ainda é muito pequeno se comparado ao universo Windows. “Por isso, se os usuários do Mac deixarem de clicar em links maliciosos ou baixar códigos desconhecidos, eles podem enviar aos piratas virtuais a mensagem de que o ataque aos Macs não é financeiramente vantajoso”, explicou Cluley. Ainda assim, ele acredita que mais criminosos passarão a desenvolver cada vez mais pragas virtuais para os computadores da Apple em 2008.


Fonte: G1

Anúncios

Uma resposta

  1. Ainda bem que existe o GNU/Linux

    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: