Entidades de defesa da mulher lutam contra o “Bolsa Estupro”

E no mundinho ridículo chamado Brasil, onde até mesmo o bizarro é corriqueiro, a bancada evangélica se mostra mais tosca, ridícula, estúpida e absurda do que de costume.

Dois deputados da bancada evangélica para terem o prazer (ops) de impedir a lei que regulariza o aborto, inventaram algo que é digno de risos, se não fosse um acicate às mulheres: O Bolsa Estupro!

Os nomes dos dois irresponsáveis são Henrique Afonso (PT-AC) e Jusmari Oliveira (PR-BA). O relator, José Linhares (PP-CE), padre da Igreja Católica, deu parecer favorável ao pagamento da mensalidade. Guardem estes nomes.

Exatamente. Eles prevêem uma pensão para mães de crianças nascidas fruto de violência sexual. Algo no mínimo deplorável e no máximo de uma atitude vil e selvagem, assim como o criminoso que perpetra tal crime. Entidades de defesa da mulher entraram no combate e a porradaria começou (em termos metafóricos, mas bem que os dois boçais merecem apanhar literalmente).

Abaixo, transcrevo a notícia do Globo Online:

O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) protestou nesta terça-feira contra o projeto-de-lei 1763/2007 (leia AQUI) que dispõe sobre a assistência financeira à mãe e ao filho gerado em decorrência de estupro. Durante reunião realizada nesta tarde, as representantes do CNDM aprovaram por unanimidade uma carta de repúdio ao projeto, que foi entregue ao seu relator na Comissão de Seguridade e Família, deputado José Linhares (PP-CE), pela representante da Rede Feminista de Saúde no CNDM, Lia Zanotta. A carta também foi protocolada na Secretaria da Câmara e distribuída aos demais deputados da comissão.

O CNDM considera o projeto de lei mais uma tentativa de retrocesso com relação aos direitos das mulheres já conquistados no processo de democratização do país. Conforme expresso no conteúdo da carta, o projeto está em contradição com o Código Penal de 1940 que garante a interrupção voluntária da gravidez em caso de estupro, com a Norma Técnica do Ministério da Saúde que assegura esse direito, com a Constituição de 1988 e com as reivindicações das mulheres construídas democraticamente e referendadas nas duas Conferências Nacionais de Políticas para as Mulheres.

O documento lembra ainda dos compromissos internacionais assumidos pelo Brasil nas Conferências do Cairo (1994) e de Beijing (1995).

“A Constituição Brasileira estabelece que ter filhos é uma decisão da cidadã e que o estado deve fornecer os meios necessários para que se possa exercer esse direito com dignidade. Isso não se garante com um salário mínimo, conforme previsto no PL em questão”, destaca a carta.

O CNDM também encaminhou à Comissão de Seguridade e Família uma Carta Aberta, aprovada no dia 17 de maio de 2007, em defesa da revisão da legislação punitiva da interrupção voluntária da gravidez, com a conseqüente e responsável legalização do aborto.

Vocês querem saber para onde vão o dinheiro dos impostos? É para sustentar animais (desculpem, isso é ofender o reino animal) como estas duas bestas, assim como o relator, fora serviços assistencialistas estúpidos, criados por mentes retardadas, e que nada ajudam o povo. Só visa angariar votos, posto que ano que vem é época de eleições; fora o fato de haver mais pessoas no mundo, jogadas de qualquer jeito, sendo alvos fáceis de muquiranas que farão de tudo para arrebanhar estas pobres almas para o reino do Sinhô G-zus.

E os dois imbecis parlamentares evangélicos saem-se com esta justificativa:

“Se no futuro a mulher se casa e tem outros filhos, o filho do estupro costuma ser o preferido. Tal fato tem uma explicação simples na psicologia feminina: as mães se apegam de modo especial aos filhos que lhes deram maior trabalho”.

Já posso imaginar que o dois parlamentares deram MUITO trabalho às mães deles.

Você, cara leitora, você sustentaria um filho que não é seu, fruto de um ato bárbaro e desumano, como o estupro? Contra a sua vontade, abortando todos os seus planos de vida, suspendendo a sua carreira profissional e acadêmica indefinidamente, além do grave trauma psicológico que você carregará por muito tempo?

Pense em lutar penosamente na vida para trabalhar e ganhar um dinheiro que irá integralmente para esse filho indesejado, lembrança eterna de um ato hediondo. E sobre nunca mais se sentir à vontade com outro homem na hora do sexo, lembrando-se sempre do estupro em sua mente? E, pior, a lembrança do estupro toda vez que olhar para aquela criança? E quando a criança perguntar quem é o pai e você ter que mentir?

Senhores leitores e leitoras, enviem e-mails contra estes dois parlamentares expressando que são contra este projeto estúpido e irracional. Nenhum país no mundo possui tal coisa. Isso é caridade com dinheiro alheio de nossos impostos que pagamos, e estes parlamentares estão inventando inúmeros projetos sociais com finalidades escusas, com o intuito de mamar nas tetas do Estado.

Anúncios

14 Respostas

  1. Comprar com dinheiro público o direito da mulher violentada de legislar sobre o próprio corpo é uma forma nojenta e baixa de conivência com o crime.

    “Estupra mas não mata” agora ganhou uma conotação bem mais perversa…

  2. Completamente perplexo! É essa minha reação ao ler esse artigo. Sou estudante de Direito, e já estava acostumado a ver projetos de lei estupidos, mas esse entre para os “the best of” com certeza! E são nessas ocasiões que eu penso: “Quais são os requisitos para ser vereador? deputado estadual? deputado federal? senador? presidente? Nenhum !!! absolutamente nenhum. Não direi que seja requisito o mau caratismo, pois isso seria generalização, agora pensem, a quem outorgamos o direito de fazer nossas leis? quem são os nossos representantes? A maioria dos brasileiros nem ao menos lembra em quem votou para a última eleição! Infelizmente a frase que diz “cada nação tem o governo que merece” tem um certo fundo de verdade, enquanto continuarmos apegado no (panis et circus) moderno = (futebol, cerveja e qualquer outra inutilidade que desvie a atenção dos problemas), continuaremos vendo aparecer tais propostas que no mínimo insultam a dignidade humana.

  3. Absurdo. Essas três bestas evangélicas – cristãs deveriam está pastando. Essa gente dá nojo. Sempre busca um jeitinho de agradar futuros eleitores com verborragias e verbas pública.

  4. “Se no futuro a mulher se casa e tem outros filhos, o filho do estupro costuma ser o preferido. Tal fato tem uma explicação simples na psicologia feminina: as mães se apegam de modo especial aos filhos que lhes deram maior trabalho”.

    Só uma BESTA HUMANA poderia achar que alguma mulher teria como preferido um filho FRUTO DE UMA VIOLÊNCIA SEXUAL.

    Estamos nos encaminhando para uma ditadura religiosa (dos evangélicos) com a expansão desta bancada.

    Já é possível vislumbrar quão belo serão os horizontes daqui prá frente.

    😦

  5. Criado um rato que não tem medo de gato

    Plantão | Publicada em 08/11/2007 às 09h30m
    O Globo Online – O Globo

    Uma semana depois de uma universidade dos EUA apresentar super-ratos (capazes de correr ininterruptamente por 6 horas), cientistas japoneses anunciaram a criação de roedores destemidos, capazes de se aproximar despreocupadamente de gato.

    TAÍ, SUGIRO AOS JAPONESES QUE MODIFIQUE GENETICAMENTE ESSAS BESTAS QUADRADAS DESSES DEPUTADOS E OS TRANSFORME EM SER HUMANO.

  6. Vi esta notícia hoje e confesso que ainda não sei bem o que escrever de tão perplexa que estou. Desculpem as palavras amigos. Mas que MERDA é essa? Bolsa-ESTUPRO? Então não estamos mais lutando contra o crime? Estamos dando espaço à falta de defesa de dignidade da pessoa humana? Lenicência para com o crime. Eu guardei bem os nomes desses dois lixos humanos que tiveram essa idéia claramente retardada. Duas mentes retardadas que merecem no mínimo uma porrada bem dada e é lamentável ver que essas criaturas vivem pra maquinar esse tipo de idéia. Será mesmo que merecem viver no momento em que ferem em absoluto a alma de qualquer mulher ao proferir uma barbaridade dessas? Será que eles gostariam,caso fossem mulheres e vítimas do crime, de receber bolsa-estupro? Uma bacia cheia de VERME pra esse dois VERMES IMBECIS…

  7. Chico

    Neste caso, seria melhor que eles fossem transformados em gatos e colocados no meio de uma ninhada destes ratos modificados.

    Vislumbro uma cena como a do “Colecionador de Ossos”.

    Creio que colocá-los nesta situação seria o suficiente para eles imaginassem como uma mulher se sente no momento da violência.

  8. Com a proliferação deste segmento religioso, temo que o brasil anida venha a se transformar num “Reich evangélico”, como aconteceu com os EUA.

  9. Para gente da categoria do autor deste ante-projeto de lei, surgiro a criação de um “bolsa-idiota”… A fila para recebê-lo seria longa!

  10. […] Tentativa dos legisladores em criar um ‘bolsa estupro’ This entry was posted on Thursday, April 24th, 2008 at 1:25 am and is filed under Ceticismo, Ciência, Comportamento, Costumes, Direito, Direito Constitucional, Direito Penal, Direitos Humanos, Medicina, Notícias, Notícias Brasil, Princípios Gerais do Direito, Saúde, Sociedade. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site. […]

  11. […] Legisladores querem implantar o ‘bolsa estupro’ […]

  12. SOU TEÓLOGA E ADVOGADA, E REALMENTE ACHO ESSA IDÉIA UMA ESTUPIDES, MAS DAÍ A COLOCAR OS TODOS OS EVANGÉLICOS NA MESMA “PANELA” É NO MÍNIMO “IGNORÂNCIA”.
    A IDÉIA É REALMENTE ESTÚPITA E IDIOTA, MAS NÃO SE PODE GENERALIZAR AS PESSOAS.
    EU SOU EVANGÉLICA E NEM POR ISSO SOU A FAVOR DESSA BESTEIRA.

    PENSEM BEM NO QUE FALAM, NÃO JULGUEM PARA NÃO SEREM JULGADOS.

  13. Perclaríssima causídica, não é “estupides” e sim “estupidez”. Não é “estúpita” e sim “estúpida”

  14. Esqueçam que são evangélicos, em comum os politicos autores deste projeto macabro ou pertecem a base governista, é claro, ou são PTralhas ! O Lulopetismo vai destruir este país. Aguardem….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: