Aulas de violência contra a mulher via satélite

Assista abaixo a impressionantes vídeos em que líderes religiosos árabes ensinam maridos a surrar suas mulheres e a submetê-las aos seus impulsos sexuais. Estas aulas são transmitidas regularmente, via satélite, para milhões de lares em dezenas de países árabes.

Denuncie esta apologia à violência contra a mulher:

– Envie o endereço http://www.midiaarabe.com para seus amigos, imprensa e entidades de defesa dos direitos da mulher.

– Publique estes vídeos, copiando os códigos (“embed”) que aparecem após sua exibição e colando-os em seu site ou blog.

Surrar a mulher é indispensável
(TV do Bahrein)

 

Mulheres desobedientes merecem apanhar
(TV da Síria)

 


A mulher não pode recusar sexo ao marido, mesmo que esteja cozinhando
(TV da Arábia Saudita)

Não se deve ter vergonha de bater em mulher
(TV do Qatar)

Como bater em mulher
(TV do Bahrein)


Anúncios

33 Respostas

  1. Em uma frase: ESTAS PESSOAS ME DÃO ASCO

  2. Pare o mundo que eu quero descer, plagiando Raul Seixas. O bacaninha de de tudo é que eles se acham iluminados. Foda-se Maomé e foda-se o corão.

  3. Ridículo, puta que pariu!

  4. Parece que os orientais não têm a “milenar” paciência ocidental com as mulheres.

  5. E eles ainda se acham civilizados? Acho que não pode ser mantido sobre o abrigo do manto das diferenças culturais, tais pensamentos discriminatórios. Religião, fanatismo, falta de racionalidade, receita perfeita para cenas como estas.

  6. totalmente ignorante e ridiculo…

    mostra a decadênica da humanidade…

    “O Corão”
    só sabiam falar dele, pobres fantoches de um livro idiota…

    se o livro falar “Matem suas esposas e filhos caso eles sejam mal-educados” o homem vai la e vai matar…

    decadente…

    sem mais palavras

  7. Deplorável…

    Eu perguntaria: “nem se estivesse cozinhando? E se estivesse rezando?”

    Hummm… Uma pergunta capciosa…

  8. Mas quem disse :”Pare o mundo que eu quero descer ” não foi o Raul seixas, e sim o maior inimigo dele ,o Silvio Brito!!!
    huhauhuahuhahuhau!!

    Quanto aos videos,vcs esperam o q??? se eles são treinados pra explodir predios com aviões!!!que eles digam por favor???

  9. Pra você ver Dheo, essa é a prova cabal de que ninguém se lembra de porcarias. A referência mais forte e original é a que fica.

  10. Lamentável a existência destes ‘homens’! Não gostam de mulheres e não as respeitam!
    Masculinidade com um lençol na cabeça e batendo em mulheres? Só no Oriente Médio mesmo!!!

  11. É uma questão cultural que deve ser respeitada.
    Pra nós ocidentais não faz muito sentido, mas muitas coisas que praticamos não faz sentido pra eles também.
    Algumas mulheres islâmicas são educadas dessa maneira, estão acostumadas a isso.
    Digo algumas porque o islamismo não é igual em todos os povos… Assim como no cristianismo existem diferentes interpretações da Bíblia.
    Estes que aparecem no vídeo devem ser mais ortodoxos, seguem o corão à risca.
    Não é interessante generalizar.

  12. Moisés, meu filho, se você fala isso, é porque não entende NADA de islamismo.

    Não existe diferentes versões do Alcorão, como existe da Bíblia. Mesmo as “interpretações” são terminantemente PROIBIDAS. A voz de Maomé é a Voz de Allah.

    “Allah é deus e Maomé é seu profeta”

    Assim, o que se vê ali é uma pouca vergonha travestida de religião. Se Allah fosse Clemente e Misericordioso (como é citado em cada início das suras) ele já teria ferrado com estes imbecis há muito tempo.

    Assim, o que temos? BARBÁRIE!! Não por causa da origem étnica deles. Eu respeito os árabes e seus filósofos e cientistas, mas abomino idiotas iletrados que agem daquela maneira.

    ninguém está acostumado á escravidão ou a maus tratos. Isso é desculpa ignorante para fechar os olhos e se preocupar mais com quem ganhou o jogo de futebol de ontem.

    É o tipo de coisa que o Ceticismo, Ciência e Tecnologia (nós, caso não saiba), se opõe com todo vigor.

  13. Nem toda questao cultural deve ser respeitava, vc acharia certo um outro povo escravizar sua familia se fosse uma questao cultural deles escravizar os outros? Ou entao vc acharia certo que as tribos indigenas atuais continuassem realizando infanticidio (assassinato de crianca)?
    Quando ha violacoes basicas da vida humana o relativismo cultural nao serve de nada. É facil falar que ta td bem, qndo se esta ha quilometros de distancia segudo atras de seu computador, e os outros que se ferrem.

  14. Nunca pensei que os islamitas ortodoxos tivessem tanto medo de suas mulheres. Achava que isto era coisa dos ocidentais.
    Devem estar apavorados ate com as menores possibilidades de qualquer acesso da mulher.
    Quanto medo Heim?
    Que o bom olhala’ os proteja.

  15. Moisés :

    Qd vc disse que: Algumas mulheres islâmicas são educadas dessa maneira, estão acostumadas a isso. , pretende vc justificar o comportamento asqueroso daqueles que as tratam assim?

    Como não deves ignorar, existem mulheres que têm seus clítores extirpados em nome de ‘tradições religiosas/culturais’ como esta. Não devemos abominar tal comportamento pq estas mulheres estariam acostumadas a isso? 😦

    Usando seus argumentos fica fácil justificar qualquer absurdo, como, por exemplo, o estupro étnico mencionado numa postagem deste blog, que poderia ser justificado da seguinte forma: ‘temos de respeitar a visão deles sobre a mulher…nossas mulheres têm de aprender a se vestir de modo à que eles não achem que elas estão querendo ser estupradas….’

    Ah, tenha dó………………….

  16. “Não existe diferentes versões do Alcorão, como existe da Bíblia. Mesmo as “interpretações” são terminantemente PROIBIDAS. A voz de Maomé é a Voz de Allah.”

    Eu não disse que existem diferentes versões.

    Peço pra que você dê uma lida nessa fonte:
    http://www.historiadomundo.com.br/arabe/alcorao/

    Mais especificamente na parte de Importância e interpretação.

    André, não sei se você é representante do site, mas fico chateado em notar que em um blog que fala sobre ceticismo, ciência e tecnologia não exista neutralidade cultural.

    “Qd vc disse que: Algumas mulheres islâmicas são educadas dessa maneira, estão acostumadas a isso. , pretende vc justificar o comportamento asqueroso daqueles que as tratam assim?”

    Eu não justifico nada, só deixei clara a minha visão dessa cultura que é uma cultura milenar e que deve ser respeitada.
    Eu como pessoa educada por uma sociedade ocidental, não aprovo e não aplico nada do que foi dito.
    Não faz parte dos meus valores. No entanto eu respeito.
    O bem e o mal, o certo e o errado são questões muito específicas de cada sociedade.

    “Nem toda questao cultural deve ser respeitava, vc acharia certo um outro povo escravizar sua familia se fosse uma questao cultural deles escravizar os outros? Ou entao vc acharia certo que as tribos indigenas atuais continuassem realizando infanticidio (assassinato de crianca)?”

    Eu acredito que cada sociedade deve ser regulada por si própria e não pelas outras, como pratica os Estados Unidos por exemplo.
    Infanticídio foi algo que ocorreu inclusive em Esparta, mas por trás disso, algo que hoje é considerado uma “barbárie”, há sempre um motivo.
    No caso de Esparta era o controle de natalidade.
    A comida era escassa e a sociedade era rigidamente controlada para não decair em função disso.

    Só finalizando, eu não faço julgamento de nenhuma sociedade pelos meus valores pessoais.
    Acredito que este seja um dos grandes problemas do mundo, inclusive. Não compreender e aceitar as diferenças.
    Desde que não exista a imposição de valores, como no caso do estupro étnico – que é ocasionado por essa falta de respeito para com o diferente (coisa que não é excluvidade oriental), a diferença cultural e os valores de cada sociedade deveriam no mínimo ser respeitados por aqueles que não a compartilham.

  17. Ô, Moisés.

    Pra princípio de conversa, sou um dos administradores do Blog. Pode me chamar de Sócio ou mesmo Deus, pouco me importa.

    Para sua informação, ali não é um site muçulmano, ok? Logo, vc terá que postar uma fonte islâmica atestando que se pode interpretar o Al Qur’an.

    E não, não aceito diferença nenhuma que defenda violência. Lembre-se que em algum lugar do mundo, tem sociedades que acham que pessoas como vc e eu merecem ser exterminada com requintes de crueldades. Que tal?

    Ou, posso te deixar no meio de canibais e ir embora, deixando vc virar petisco. Vc, como respeita diferenças, se sentirá honrado em ser o convidado principal para o jantar deles, não é mesmo?

    Logo, deixe de ser hipócrita.

  18. “André, não sei se você é representante do site, mas fico chateado em notar que em um blog que fala sobre ceticismo, ciência e tecnologia não exista neutralidade cultural.”

    Olha, pelo que vi, você respondeu à meu comentário achando que era de autoria do administrador do blog.

    “Eu não justifico nada, só deixei clara a minha visão dessa cultura que é uma cultura milenar e que deve ser respeitada.”

    Não concordo com isso e meu comentário deixa claro os motivos. Como respeitar uma cultura milenar na qual são violados todos os direitos humanos?

    “Eu como pessoa educada por uma sociedade ocidental, não aprovo e não aplico nada do que foi dito.”

    O mundo ‘ocidental’ peca por omissão. Conhece a história de Ruanda? Cruzar os braços é uma opção ACEITÁVEL?

    “Não faz parte dos meus valores. No entanto eu respeito.O bem e o mal, o certo e o errado são questões muito específicas de cada sociedade.”

    Existem culturas que admitem a extirpação do CLÍTORES das mulheres. Você respeita ISSO?

    “Eu acredito que cada sociedade deve ser regulada por si própria e não pelas outras, como pratica os Estados Unidos por exemplo.”

    Também não simpatizo com Estados que ‘metem o bedelho’ em outros. Mas não coaduno com certas ‘tradições’. Sabe-se que na África o ESTUPRO de mulheres está se tornando comum. Por causa disso vou eu concordar com ISSO?

    “Infanticídio foi algo que ocorreu inclusive em Esparta, mas por trás disso, algo que hoje é considerado uma “barbárie”, há sempre um motivo.No caso de Esparta era o controle de natalidade. A comida era escassa e a sociedade era rigidamente controlada para não decair em função disso.”

    O Administrador do blog (que vc achou que era autor do meu comentário) deixou CLARO que isto não consta no ALCORÃO. Logo, a prática que você RESPEITA é motivada pelo quê mesmo?

    “Só finalizando, eu não faço julgamento de nenhuma sociedade pelos meus valores pessoais.Acredito que este seja um dos grandes problemas do mundo, inclusive. Não compreender e aceitar as diferenças.Desde que não exista a imposição de valores, como no caso do estupro étnico – que é ocasionado por essa falta de respeito para com o diferente (coisa que não é excluvidade oriental), a diferença cultural e os valores de cada sociedade deveriam no mínimo ser respeitados por aqueles que não a compartilham.”

    Alguém aqui está indo LÁ meter o bedelho no comportamento deles?

    Manifestar sua DISCORDÂNCIA com um ato/comportamento não equivale a DESRESPEITAR a auto-determinação de cada povo.
    CURIOSO (e revelador, se me permite) que são sempre os mais fracos (MULHERES, CRIANÇAS, IDOSOS) as vítimas de tais abusos.

    Lamentável.
    😦

  19. Parece que fui censurado..
    É uma pena pelo andamento da discussão…
    No entanto, guardo com carinho o documento que registra o que deixou de ser publicado.
    Não deixarei de acompanhar o site, mas sem dúvidas a minha visão sobre os administradores e a intenção do blog mudaram drasticamente.
    Espero que o que escrevi e flagrei sirva ao menos para aprendizado.

  20. Postagens tentando defender violência como sendo coisa normal, e características sociais como qualquer outra, não são bem vistas neste Blog.

    Apologia à violência é crime. Não gostou? Azar.

  21. Moises não sabe o que é neutralidade . E não entendo porque esse blog ficaria inerte diante da violencia ,se não o faz diante da tolice religiosa . Parece que se o Moises presenciar um espancamento ou estupro e for chamado a testemunhar ,vai se omitir. Crime é crime em qualquer cultura ,não importa o motivo.

  22. O que mais me preocupa é que este mesmo tipo de mentalidade também existe no nosso mundo ocidental, apesar de apresentar-se aqui de forma mais amena. Precisamos tomar consciência sobre os “direitos humanos da sexualidade”.

  23. crianças bombas sendo treinadas no IRAQUE,crianças amwericanas aprendendo a atirar desde cedo,e tem isso tb.

    o mundo ta uma beleza,melhór cair um metóro e acabar lógo com esta bósta.l

  24. Aos infernos com o relativismo cultural, isso é desumano!
    Eu não pensaria duas vezes antes de “estuprar” uma cultura que faz escravas as mulheres.

    Danem-se os deturpados valores.

  25. Alguém levantou a questão da tradução desses vídeos, e eu também fiquei curiosa. Quem fez? Tem em Inglês?

  26. […] to-somente aos seguidores de Maom, se nos pases muulmanos ensinam, por meio de Tv via satlite, como os homens devem surrar suas mulheres , tal tambm pode ser observado em seguidores de […]

  27. É Moisés, você ta parecendo seu chara do velho testamento. Cuidado, daqui a pouco você pode cometer tais atos achando tudo natural. Ai alguem te pergunta:
    Porquê voce fez isso?
    Sua Resposta: Mudei de religião.

  28. […] Islão quer o fim da Europa. »»»______Prophet of doom-Islam in Muhammad’s Own Words Vídeos___ Vídeos a rever, aulas via satélite de violência islâmica contra a mulher muçulmana […]

  29. Esses Homens me dao nojo, e o mais estranho è quando eles vao pra outros paises como europa,nao pode ver uma mulher, isso quando nao as estrupam,agora entendi o estrupo pra eles nao existem…Que Horror!!!

  30. REALMENTE DÁ NOJO ESTE TIPO DE HOMEM, O QUE A XENA DISSE ACIMA É VALIDO, ESTES TRASTES QUANDO VÃO PARA OUTROS PAÍSES NÃO PODEM VER UMA MULHER QUE FICAM LOUCOS E COMETEM ESTAS ATROCIDADES COM AS DELES. E MAIS UMA COISA TAMBÉM, SEM QUERER OFENDER NINGUÉM QUE DISSE QUE DEFENDE AS DIVERSIDADES CULTURAIS MAS , EU TAMBÉM ACHO QUE CERTAS COISAS TAMBÉM NÃO DEVEM SER RESPEITADAS E ACEITAS, POIS RESPEITAR A CULTURA DO OUTRO É UMA COISA E CONCORDAR COM ATROCIDADES QUE FEREM OS DIREITOS HUMANOS É OUTRA BEM DIFERENTE. EU PENSO QUE QUALQUER TIPO DE AGRESSÃO, PRINCIPALMENTE CONTRA MULHERES, CRIANÇAS E IDOSOS QUE SÃO OS ALVOS MAIS FRACOS É UM ATO ABOMINÁVEL E O QUE O COLEGA ACIMA DISSE É VERDADEIRO, CRIME É CRIME EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO E A VIOLENCIA É UM ATO ABOMINÁVEL E DESPREZÍVEL!

  31. Fiquei atordoada com as imagens. Mulheres tão jovens com marcas da violência no corpo.

  32. A causa disso é o islã. O alcorão ordena que a mulher seja mutilada e impedida de sentir prazer. Está tudo documentado no alcorão.

    O islã é uma religião violenta, cruel, machista. É a única religião que prega a guerra.

    O mundo ainda não acordou para o problema do islã, que é a religião que mais cresce no mundo e está aos poucos colonizando a Europa. Na Alemanha a situação já é irreversível e em 2050 o país será uma república islâmica. E nada os impede de se expandir e espalhar sua retrógrada doutrina, pois quem pensar em deter essa avalanche fundamentalista já é logo taxado de racista. E na desculpa de tolerancia religiosa, esta religião intolerante vai tomando conta.

    Vão se acostumando, pois em poucas décadas os muçulmanos irão nos forçar a viver em catacumbas. A não ser que o mundo acorde e combata o islã com o máximo de rigor possível. Enquanto os muçulmanos se sentirem livres para pregar e espalhar a religião do ódio, o terrorismo e o machismo irão aos poucos se enraizando no ocidente.

  33. A causa disso é o islã. O alcorão ordena que a mulher seja mutilada e impedida de sentir prazer. Está tudo documentado no alcorão.

    Em qual sura traz isso?

    O islã é uma religião violenta, cruel, machista. É a única religião que prega a guerra.

    Vc já deu uma olhadinha em Números e no Levítico?

    O mundo ainda não acordou para o problema do islã, que é a religião que mais cresce no mundo e está aos poucos colonizando a Europa. Na Alemanha a situação já é irreversível e em 2050 o país será uma república islâmica. E nada os impede de se expandir e espalhar sua retrógrada doutrina, pois quem pensar em deter essa avalanche fundamentalista já é logo taxado de racista.

    Não deixa de ser verdade, mas tb não é diferente do que a Direita Cristã prega.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: