Cálculos natalinos: Papai Noel na visão dos engenheiros

Como é maravilhosa a Ciência! Podemos fazer cálculos e determinar com muita precisão muitos eventos e estudá-los à luz de uma análise racional (ou quase), com base de nossos conhecimentos científicos.

Mas, e se quisermos nos divertir um pouco e estudarmos a mais famosa (e importante) figura do natal? Estou falando de Papai Noel e não Jesus, pô! Vamos examinar como Santa Claus, São Nicolau, Babo Natale – ou seja lá como você chama aquele gordão de barba, branca que adora pegar criancinha no colo – faria para poder cumprir com sua agenda de entregar presentes pras criancinhas na festa de Mitra, digo, na véspera de natal. Here we go!

1) Existem aproximadamente dois bilhões de crianças (pessoas com menos de 18 anos) no mundo. Porém, como Papai Noel não visita criança das religiões Muçulmana, Hindu, Judaica e Budista, e nem as crianças da Etiópia (porque criança que não come não ganha presente), isso reduz o trabalho na noite de Natal para 15% do total, ou 378 milhões de pessoas. A uma taxa média de 3,5 crianças por lar, tem-se um total de 108 milhões de lares, considerando que haja pelo menos uma criança boazinha em cada lar, apesar de eu nunca tê-las encontrado nas salas de aula em que lecionei. Mas, isso é detalhe sem importância.

2) Papai Noel tem cerca de 31 horas de Natal para trabalhar, graças à diferença de fuso-horário e à rotação da Terra, considerando que ele viaje de leste para oeste (o que parece lógico). Isso resultaria em 967,7 visitas por segundo, e significa que, para cada casa cristã com uma criança boazinha (tenho fé que elas realmente existem), Papai Noel tem cerca de 1/1000 segundo para estacionar o trenó, saltar, passar pela chaminé (vai saber como, mas ele é Papai Noel), encher as meias, distribuir os presentes restantes sob a árvore, comer algum lanche que tenha sido deixado para ele – afinal ele tem que manter aquele corpinho light –, subir de volta pela chaminé, entrar no trenó e ir até a próxima casa.

Considerando que cada uma das 108 milhões de paradas esteja distribuída uniformemente pelo mundo (o que, naturalmente, sabemos ser falso, mas será aceito para fins de cálculo. Logo, não encha o saco), estamos falando agora de aproximadamente 1,25 km por casa – uma viagem total de 121,5 milhões de km, sem contar idas ao banheiro (malditas rabanadas!) e descansos. Isso significa que o trenó do Papai Noel move-se a uma velocidade de 1.046 km/s – 3.000 vezes a velocidade do som. Daria um estrondo daqueles…

Para fins de comparação, o veículo mais veloz já construído pelo homem, a sonda espacial Ulisses, move-se a acanhados 44,1 km/s, e uma rena normal pode correr a 24 km/h (no máximo), tendo nariz vermelho ou não.

3) A carga útil do trenó representa um outro elemento interessante. Considerando que cada criança não receba nada mais que um Lego médio de cerca de 900 g (papai Noel não tem condição de dar Iphone pra todos, não insista!), o trenó levaria mais de 500 mil toneladas, sem contar a massa do “bom velhinho”. Em terra, uma rena normal não puxa mais que 136 kg. Mesmo admitindo que renas “voadoras” pudessem puxar dez vezes o normal, o serviço não poderia ser feito com oito ou nove delas – Papai Noel precisaria de 360.000 renas! Isso aumentaria a carga, sem contar o peso do trenó, em mais 54 mil toneladas, ou aproximadamente sete Queen Elizabeth (o navio e não a monarca, engraçadinho).

4.500 mil toneladas viajando a 1.046 km/s criam uma enorme resistência do ar. Isso aqueceria as renas da mesma maneira que uma nave espacial ao reentrar na atmosfera da Terra. O primeiro par de renas absorveria 14,3 x 1019 joules de energia por segundo. Em resumo, elas explodiriam em chamas quase que instantaneamente, explodindo as renas atrás delas e criando estrondos sônicos ensurdecedores em seu rastro. Todo o conjunto de renas seria vaporizado em 4,26 milésimos de segundo, ou quase, quando Papai Noel atingisse a quinta casa em sua viagem.

4) Porém, nada disso importa, pois o Papai Noel, com a aceleração resultante de uma partida brusca a partir do repouso a 1.046 km/s em 0,001 segundo, estaria sujeito a uma forca de 17.000 vezes a força da gravidade. Um Papai Noel de 113 kg (que parece ridiculamente magro) seria imobilizado no fundo do treno por 1.957.258 kgf, o que esmagaria instantaneamente os seus ossos e órgãos, reduzindo-o a uma bolha de plasma cor-de-rosa. Legal, né?

5) Conclusão: se Papai Noel existiu, ele já está morto!


Você está rindo com isso? Muita viagem (sem trocadilho), né? 😀

Acontece que um bando de malucos realmente andou determinando de onde o Garoto (?) Propaganda da Coca-Cola deveria sair para dar conta dessa viagem toda. Isso mesmo o que você leu! De acordo com pesquisadores suecos, o Quirguistão seria o lar ideal para o bom velhinho. De lá, ele teria 48 horas para entregar todos os presentes para todas as crianças, conforme foi relatado pelo pessoal do G1 .

“Entre os dias 24 e 25 de dezembro, Papai Noel terá que parar em 2,5 bilhões de casas, considerando que as crianças de todas as religiões receberão um presente”, explicou Anders Larsson, da consultoria Sweco.

“Consideramos que há no planeta 48 habitantes por km², e que 20 metros separam cada casa. Logo, se Papai Noel parte do Quirguistão e viaja no sentido contrário ao da rotação da Terra, ele tem 48 horas para entregar todos os presentes”, explicou.

Segundo a tradição, Papai Noel mora no Pólo Norte. Entretanto, várias cidades nórdicas reivindicam o título de local de residência oficial do Papai Noel, entre as quais Rovaniemi, na Finlândia.

Porém, segundo o estudo realizado pela Sweco, a moradia ideal para Papai Noel seria mesmo o Quirguistão. É este país da Ásia Central que proporciona a ele, objetivamente, o melhor ponto de partida para racionalizar ao máximo seu trajeto pelo mundo, perdendo o menos de tempo possível. (se você nunca ouviu falar sobre o Quirguistão, é porque não quis. Veja o que a BBC Brasil já publicou sobre ele AQUI).

“Papai Noel tem 34 milésimos de segundo para cada parada”, resumiu o estudo.

De acordo com outro estudo que circula na internet, o trenó do Papai Noel, carregado de toneladas de presentes e se deslocando a uma velocidade supersônica, se desintegraria em 4,26 milésimos de segundo devido à resistência do ar.

Anúncios

3 Respostas

  1. To triste acabou com os meus sonhos de infância , quer dizer que os presentes que eu achava ao lado da arvore no dia de Natal , não era o Papai Noel que trazia !!!!!!!!

  2. COMO ASSIM O PAPAI NOEL NÃO EXISTE?????
    Acabou com a minha infância kk

  3. eu sabia que era mentira eu pedia bicicleta e ganhava carrinho kkkkk
    agora temos que saber o calculo do coelhe de pascua
    fada madrinha dos dente
    e outros……………..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: