101 sinais de que você é um cristão fundamentalista

littlepuppet.jpg

01 – Você invade fórums ateístas fazendo sermões sobre fogo, enxofre e ira divina, mas grita ”perseguição” quando ateus ficam te zoando por causa disso.

02 – Você ameaça não-crentes dizendo que algo que não existe vai te mandar para um lugar que não existe.

03 – Você acha que ateus vão para o inferno, mesmo que o inferno nunca tenha sido provado; ainda assim, você não agüenta quando ateus apontam a história violenta do
Cristianismo, mesmo que já tenha sido provado.

04 – Você fica profundamente ofendido quando ateus criticam ou insultam deus, mesmo que eles estejam atacando uma idéia, não uma divindade propriamente dita

05 – Você sente que todos deveriam ser sujeitos às leis do Cristianismo, ainda assim, você fica ofendido quando ateus dizem que humanos ainda são animais e estão sujeitos às leis da natureza.

06 – Você dirige-se a todos os não-cristãos como se fossem ateus.

07 – Você espera que seguidores de outras filosofias como o Budismo se adaptem à sua própria definição limitada deles. Ainda assim, você não suporta quando cristãos são estereotipados.

08 – Você acha que ateísmo é uma religião.

09 – Você não sabe dizer a diferença entre ateus e agnósticos, e você provavelmente faz isso deliberadamente.

10 – Quando você ouve sobre outras religiões você precisa saber como Jesus se encaixa nelas.

11- Você fica surpreso quando ateus dizem que tem parentes e amigos cristãos.

12- Você não pode imaginar o quão traumática foi a experiência que faça alguém abandonar o Cristianismo.

13- Você ignora o que Jesus disse sobre humildade e não julgar as pessoas, porque o que importa mesmo é atacar os ateus.

14- Você usa as palavras “mundano”, “sem deus”, “infiel” e “herege” no sentido pejorativo.

15- Você cita a bíblia aleatoriamente, como se isso provasse alguma coisa além de que a bíblia tenha uma opinião.

16- Você incessantemente cita a bíblia como se os ateus nunca a tivessem escutado tais passagens anteriormente.

17- Você acusa cristãos não-fundamentalistas de não serem “verdadeiros cristãos” (muitos ateus fazem isso também).

18- Você considera desrespeitoso quando ateus dizem que Jesus está morto, mas não vêem problema nenhum em plastificar a imagem do corpo semi-nu torturado e ensangüentado de Jesus em um símbolo de execução romano pagão.

19- Você acusa ateus de não possuírem moral, mas admite que você abandonaria a sua própria moral se deus não existisse.

20- Você sai por aí pregando pra todo mundo para serem gratos e felizes pelo que eles já têm, embora você espere ansiosamente uma recompensa celestial por toda a eternidade após a morte.

21 – Você acha que um poema escrito há milhares de anos atrás por tribos nômades sob o calor do deserto deveria ser interpretado como literalmente verdade.

22 – Apesar do fato de que toda a cultura ao redor do mundo tenha sua própria história da criação, você acha que aquela inventada pelos semitas seja exclusivamente a verdadeira.

23 – Você acredita que um cara pelado nomeou todos os milhões de espécies animais em um só dia, até mesmo aqueles que ainda não foram descobertos até hoje.

24 – Apesar do fato do gênero animal, incluindo humanos, ser originalmente feminino, e que é necessário uma mudança hormonal para produzir o masculino, você acredita que a mulher foi criada à partir do homem.

25 – Você alega que datação por C14 não é confiável por causa de contaminação, mesmo que qualquer tipo de contaminação faria a amostra parecer mais nova do que ela realmente é.

26 – Você acredita que se a evolução fosse provada falsa hoje, então o criacionismo ou design inteligente tomaria seu lugar amanhã.

27 – Mesmo que a Terra seja um planeta comum, giranto em torno de uma pequena e comum estrela, num típico sistema solar, na periferia de uma galáxia espiral comum, você acredita que seja o centro do universo.

28 – Você diz que a evolução é uma mentira, ou uma falsa teoria, apesar de não saber praticamente nada sobre ela.

29 – Você rejeita a teoria da evolução a todo custo em prol dos seus dogmas, mas você não quer saber de abandonar os demais frutos do pensamento científico, como seu carro, seu computador, ou remédios.

30 – Você acha que uma deidade estúpida e destrutiva como Jeová seja capaz de criar o universo.

31 – Você acha que a teoria do Big Bang implica que tudo surgiu do nada.

32 – Você acha que a evolução diz que viemos do macaco.

33 – Você já usou a imbecil analogia do 747 saído do ferro velho pelo menos uma vez para tentar provar que a evolução está errada.

34 – Você diz que evolução é “altamente improvável”, apesar de estar disposto a acreditar que Jesus nasceu de uma virgem, tinha poderes sobrenaturais, renasceu dos mortos, e saiu voando.

35 – Você acha que encontrando um simples erro na evolução prova que ela toda está errada, no entanto quando é mostrado um erro na bíblia, você diz que estamos de má fé.

36 – Você pensa que o fato da ciência precisar se aprimorar com o tempo para se aproximar da verdade é uma prova de que ela não é confiável, mas não vê problema nenhum em usar apologética ultrapassada para tentar explicar as inconsistências da bíblia.

37 – Você acusa a evolução de ser “racista”, mas se apega a um livro repleto de mensagens de etnocentrismo e supremacia racial.

38 – Você alega que Darwinismo lava à eugenia e seus abusos, mas você teimosamente defende passagens bíblicas onde o povo de deus extermina membros de outras raças.

39 – Quando são citados versos em Isaías que implicam que a Terra é chata, e Jó que diz que o céu é sólido, você os ignora porque senão isso faria você parecer estúpido nos dias de hoje.

40 – Quando são citados versos em Gênesis que descrevem a criação em 6 dias, você os toma literalmente, mesmo que isso faça você parecer estúpido nos dias de hoje.

41 – Você diz que deus é onipotente e benevolente, e culpa o livre-arbítrio do ser humano cada vez que algo ruim acontece.

42 – Você julga a humanidade pelo seu pior para justificar o pecado original, no entanto ficam ofendidos quando ateus julgam os cristãos pelo seu pior.

43 – Você constantemente se refere aos argumentos teleológicos, ontológicos e cosmológicos, mesmo que as falhas lógicas deles são largamente conhecidas.

44 – Você grita “erro de categoria” quando pedimos provas observáveis de vida após a morte, mas não é capaz de descrever o céu ou o inferno sem usar uma terminologia física.

45 – Você fica profundamente ofendido quando ateus dizem que a bíblia é mitologia comparando-a com a Ilíada ou a Odisséia, mas acham que a bíblia é importante para refutar ateus que a comparam com Harry Potter ou O Senhor dos Anéis.

46 – Você não é capaz de perceber a similaridade entre um argumento ad ignorantum para a prova de deus, e um argumento ad ignorantum para a prova de duendes, unicórnios rosas, dragões, aliens, etc.

47 – Você usa uma parte da bíblia para tentar provar que outra parte da bíblia seja verdade. Por exemplo, Jesus mencionando Adão e Eva prova que gênesis é literalmente verdade.

48 – Você alega que deus é um ser pessoal e que tem qualidades humanas, mas ignora que essas qualidades humanas impõem limitações a ele.

49 – Você diz que deus é onipresente, mas insiste para as pessoas irem à igreja para falar com ele, que é possível se afastar dele e “se perder”, e que a palavra de deus está contida apenas na bíblia.

50 – Você prefere ver as coisas em preto e branco, que uma ação ou é certa ou errada, que uma idéia ou é verdadeira ou falsa, e que uma religião ou é correta ou incorreta.

51 – Você acha que o sucesso financeiro do filme “A Paixão de Cristo” é um indicativo de que o cristianismo é a religião verdadeira.

52 – Você age como porta-voz de deus e diz que a sua interpretação é a correta, mas quando encurralado você diz que deus está além da compreensão.

53 – Você diz que a sua religião é a correta por ela ser muito antiga, mas que a sua denominação é a correta por ela ser nova.

54 – Você acha que o cristianismo tem o monopólio da verdade, da moralidade e em qualquer assunto que seja pertinente à espiritualidade.

55 – Você acredita que sem deus não haveria nenhuma base para a moralidade.

56 – Você usa o argumento da incredulidade para defender o argumento do design inteligente, os atos de violência da bíblia, e a idéia de que todos os não-cristãos queimarão para sempre no inferno. “Sim, eu gostaria de vê-lo vir com algo melhor!”, etc…

57 – Você aponta as lacunas do conhecimento científico moderno e diz que a ciência não tem todas as respostas. Contudo, sempre que você necessita explicar como algo aconteceu, você joga as mãos para o céu e diz “foi deus quem fez”.

58 – Você zomba das teorias que deduzem que a energia criadora do universo pode sempre ter existido, mesmo que você não tenha nenhum problema em acreditar que deus sempre existiu.

59 – Você acha que o objetivo do projetista ao desenhar algo é fazê-lo o mais complexo possível. Desde que funcione quem se importa?

60 – Quando tudo mais falha você tenta defender o argumento do design você sugere que o design foi feito para ser artístico na natureza.

61 – Você considera uma blasfêmia a idéia de que Jesus foi casado e teve filhos, de acordo com a tradição judaica, porque afinal de contas, não podemos ter um deus engravidando uma mulher e gerando descendentes…

62 – Você acha que a deificação pós-moderna de Jesus é explicitamente citada na bíblia.

63 – Você lê de maneira literal ou “profética” versos que foram provavelmente escritos por poetas, menestréis e cantores.

64 – Você enfoca mais no literalismo de fábulas como a de Noé do que nas lições que elas tentam ensinar.

65 – Você pode perfeitamente ignorar qualquer coisa do Antigo Testamento, exceto quando se fala em bobagens como pecado original, os dez mandamentos, e as leis mosaicas a cerca do homossexualismo.

66 – Você escolhe cuidadosamente os versículos de Levítico que falam sobre homossexualismo, enquanto ignora a parte sobre ser punido com a morte, e considera as demais leis desse livro como ultrapassadas.

67 – Você acha que a doutrina da trindade é baseada na bíblia.

68 – Você acha que o sonho alucinógeno de alguém sobre algo que já tinha acontecido é uma previsão do fim do mundo.

69 – Você acha que profecias vagas e que aconteceram após os eventos, provam que a bíblia é verdade, embora qualquer um possa fazer uma profecia e acertar, desde que não se forneça nem data nem locais exatos.

70 – Você acha que uma deidade, que quebra suas próprias leis, tem favoritos, constantemente muda de idéia, e que age baseado em satisfação emocional, é uma fonte de “moralidade objetiva”.

71- Você acha que uma deidade que aplica punição eterna para pecados eternos e crimes cometidos até no pensamento, e que pune pessoas pelo pecado de outras, e usa pena de morte para praticamente todo o resto, é “infinitamente justa”.

72- Você acha que a bíblia, que defende a poligamia, escravidão sexual, incesto, estupro, e abuso da mulher, deveria ser um modelo para “valores familiares” e “moralidade sexual”.

73- Você defende os atos de violência da bíblia dizendo que foi legítima defesa, mesmo que a bíblia claramente diga que os israelitas atacaram primeiro e massacraram tribo pacíficas.

74- Você defende as pragas do Egito com a escravidão dos israelitas, mesmo que os próprios israelitas tinha praticavam sua própria forma cruel de escravidão.

75- Você defende a historicidade bíblica mesmo que ela nunca teve a pretensão de ser um livro histórico.

76- Você diz que a bíblia deveria ser um livro de ciências mesmo que ela nunca teve a pretensão de ser isso também.

77- Você enfoca quase que totalmente na forma que Jesus morreu, dizendo que a coisa mais importante é que ele morreu pelos nossos pecados, do que nas coisas que ele disse ou fez quando era vivo.

78- Você acha que não há nenhuma contradição na bíblia, salvo alguns erros de copistas, e olhe lá!

79- Você realmente acredita que “deus é amor”, só porque diz isso na bíblia.

80- Você culpa Satã por tudo o que acontece de ruim na bíblia, ou fora dela, mesmo que tenha sido Jeová quem ordenou ou praticou cerca de 99% das maldades na bíblia.

81 – Você alegremente aponta o fato de que Stalin, Mao e Pol Pot eram ateístas e reivindica que seus assassinatos em massa foram feitos “em nome” do ateísmo, ignorando o fato de que eles eram comunistas.

82 – Você também ignora o fato de que Stalin, Mao e Pol Pot eram ditadores totalitários, o que significaria que tiveram mais em comum com ditadores cristãos e senhores da guerra que perpetraram atrocidades em nome de sua religião.

83 – Você pensa que o ateísmo teve algo a ver com a queda da União Soviética, negligenciando fatores econômicos e um pequeno incidente chamado “Guerra Fria”.

84 – Você pensa que apenas porque Hitler não era cristão isso significa que o cristianismo não teve qualquer papel no que ele fez, e você negligencia o fato de que o autor da “Solução Final”, Heinrich Himmler, era católico e a Alemanha Nazista era predominantemente cristã.

85 – Você esquece-se de que a bíblia uma vez foi usada para justificar a instituição da escravidão.

86 – Você reivindica ser “pró-vida”, contudo você não tem nenhum problema com a pena de morte, a destruição de regulamentos ambientais, e guerras preventivas contra nações que não nos ameaçam.

87 – Você acredita realmente que a bíblia respalda sua agenda pró-vida, e que deve ser usada para ensinar às crianças o “valor da vida humana”.

88 – Você se opõem veemente à eutanásia – a menos que o paciente não tenha mais seguro ou não tiver seu caso tornado público.

89 – Você pensa de que os assuntos mais importantes do momento são o casamento gay, aborto e pesquisa com células-tronco.

90 – Você trivializa o holocausto comparando taxas de aborto a ele.

91 – Você acredita que a personalidade humana começa na concepção, mesmo que não haja nenhuma base científica ou bíblica para esta opinião.

92 – Você se opõe, ao mesmo tempo, aos métodos contraceptivos e o aborto, mesmo que o primeiro possa ajudar impedir o último.

93 – Mesmo não sendo católico você cita o papa quando ele condena o aborto e a união do mesmo sexo, contudo você é contra quando ele diz que a evolução é mais do que apenas uma teoria.

94 – Você reivindica que América foi fundada sob valores “cristãos” – embora se você contar as guerras, conquistas, destruição cultural, a conversão forçada de povos indígenas, escravidão, discriminação quanto ao gênero – , bem, então talvez você tenha razão.

95 – Todo político que usar uma vestimenta “cristã” é capaz de te enganar, independentemente de quão desonesto ou mentiroso ele possa ser.

96 – Você jamais pensaria sequer em votar em qualquer um que não seja cristão. Deus proíba de um ateísta concorrer a uma eleição.

97 – Você pensa de que as únicas obras de caridade baseadas na fé que têm valor são aquelas feitas por afiliadas cristãs.

98 – Você acredita que os dez mandamentos deveriam ser a base fundamental da lei e da moralidade em toda a civilização moderna.

99 – Você se opõe à secularização e deseja ver mais religião na política, mesmo que seja precisamente a separação da igreja e do estado que permitiu ao cristianismo prosperar e ganhar assim muita influência nos Estados Unidos.

100 – Você pensa de que os únicos terroristas por aí são muçulmanos, e que não existe esse negócio de terrorista cristão.

101 – Você cita a Segunda Lei da Termodinâmica para tentar provar que a evolução é impossível, mas não é capaz de definir corretamente os significados de “entropia”, “sistema aberto” e “sistema fechado”.


Fonte: Orkut

Anúncios

25 Respostas

  1. Tem mais uma que eu colocaria…

    “O crente fundamentalista sempre agradece ou da gracas a um deus por qualquer coisa, mesmo sabendo que o merito da coisa foi de outra pessoa ou pessoas, e resolve ignora-las.”

  2. Alguns fazem sentido mas outros não.

    Alguns são do mesmo nível de: “você é uma ateu fundamentalista se não acredita no criacionismo”.

    No fim deve sobrar umas 10 de bom nível.

  3. “você é uma ateu fundamentalista se não acredita no criacionismo”.

    Muitas religiões não aceitam o criaburricionismo. Nem por isso são ateus. hehehe

    102) Vc sempre confunde cientista com ateus só pq não acredita na SUA religião.

  4. Achei essa no Orkut:

    Não crentes devem morrer

    Estava eu hoje na boa no meu trabalho, quando começo a ouvir o som estridente de uma caixa de som no último volume.

    Vinha de um cabelereiro crente fanático, que decidiu ouvir um cd crentóide e acha que todo o bairro tem que ouvir também.

    No meio do barulho insuportável, no final de uma das “músicas”, eu começo a ouvir um pastor gritar para a multidão do show onde essa porcaria foi gravada:

    “Os ateus têm que morrer! Os macumbeiros devem morrer! Os espíritas devem morrer! Os descrentes têm que morrer! Esses “wicca” que levam a alma de nossos filhos para o diabo também têm que morrer! Budistas devem arder no inferno! Os terroristas muçulmanos que querem nos matar devem morrer e ir pro inferno. Todos esses satanistas malignos devem ir pro inferno, devemos matá-los, destruí-los! Pois o mundo está mergulhando em trevas por culpa desses monstros satanistas adoradores do diabo, que querem trazer seu mestre maligno para nosso mundo! Esse mundo é de Jesus e só dele! Quem não crê no Senhor deve morrer! Só assim nosso planeta vai melhorar e a raça humana vai evoluir! Morte aos ateus! Morte aos macumbeiros! Morte aos espíritas! Morte aos descrentes! Morte aos bruxos e feiticeiros! Morte aos budistas! Morte aos infiéis e aos descrentes! Morte aos muçulmanos! Morte a todos esses satanistas que têm só trevas em seu coração!”

    O que me deixou mais abismado é o barulho de uma multidão imensa, delirando, aplaudindo e apoiando a insanidade do demente.

    Esse cretino filho da puta desgraçado (desculpem os termos de baixo calão) é o mesmo que uma vez colocou uma porcaria de funk gospel totalmente racista e incitando a violência aos negros. O pessoal mais antigo deve lembrar, eu nunca esqueci o pedaço que eu prestei, o refrão da música, que depois descobri ser de um tal de “Adrianho Funk Gospel”:

    “Chuta a negada, mata a criolada, essa raça do mal só faz macumba endiabrada! Chuta, chuta, chuta que é macumba!”

    http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=20917521&tid=2569146346566105649&start=1

  5. “Muitas religiões não aceitam o criaburricionismo. Nem por isso são ateus. hehehe”

    Exatamente o que eu disse, o nível lógico é muito baixo =) Tem que rir mesmo. Como eu disse sobra só umas 10.

  6. Vejam que o fundamentalismo cristão já tem outro bode expiatório (não demora muito e teremos outra cruzada):

    Bento 16 afirma que doutrina foi responsável por crueldades e injustiças.

    O papa Bento 16 fez uma dura crítica ao ateísmo em um documento divulgado nesta sexta-feira, dizendo que a doutrina, que nega a existência de Deus, foi responsável por algumas das piores formas de crueldade e injustiça na história moderna.

    A crítica foi feita na segunda encíclica criada pelo papa Bento 16, intitulada Spe Salvi (Salvos Graças à Esperança), publicada em oito idiomas, incluído o português e dirigida a bispos, padres e diáconos de todo o mundo e, por meio deles, a todos os fiéis.

    Dividido em oito capítulos, o documento de 75 páginas condena o mal e o pessimismo do mundo e diz que o homem deve ter esperança e fé em Deus.

    De acordo com o papa, o ateísmo dos séculos 19 e 20 é um protesto “compreensível” contra Deus “diante do sofrimento deste mundo”.

    Mas, “a pretensão de a humanidade poder e dever fazer aquilo que nenhum Deus faz e nem é capaz de fazer é presunçosa e intrisecamente não verdadeira”, afirma o papa no documento.

    “Não é por acaso que desta premissa tenham resultado as maiores crueldades e violações da justiça, mas funda-se na falsidade instrínseca desta pretensão. Um mundo que deve criar a justiça por sua conta, é um mundo sem esperança.”

    No capítulo em que fala sobre a transformação da fé-esperança cristã no tempo moderno, o papa cita outro notório ateu, o pai do comunismo, o pensador alemão Karl Marx, que “não falhou só ao deixar de idealizar os ordenamentos necessários para o mundo novo”.

    “O seu erro situa-se numa profundidade maior. Ele esqueceu que o homem permanece sempre homem. Esqueceu o homem e a sua liberdade. Esqueceu que a liberdade permanence sempre liberdade, inclusive para o mal”, assinalou o pontífice.

    “Pensava que, uma vez colocada em ordem a economia, tudo se arranjaria. O seu verdadeiro erro é o materialismo: de fato, o homem não é o produto de condições econômicas nem se pode curá-lo apenas do exterior criando condições econômicas favoráveis.”

    No documento, o papa também faz um apelo em defesa do meio ambiente, pedindo empenho por um mundo livre dos venenos e contaminações que poderiam destruir o presente e o futuro.

    A segunda encíclica foi lançada quase dois anos depois da primeira, Deus Caritas Est – Deus é Amor, publicada em janeiro de 2006, que focava no amor erótico e espiritual nas relações pessoais, assim como no papel da Igreja em organizações de caridade.

    O pontífice trabalhou no documento durante suas últimas férias na localidade de Lorenzago di Cadore, na cordilheira alpina dos Dolomitas.

    As encíclicas são documentos pontifícios que tratam de temas doutrinários como fé, costumes, culto e doutrina social.

    Na Igreja Católica é o segundo documento mais importante, depois das constituições apostólicas.

  7. Lógica e crença religiosa são duas coisas diametralmente diferentes.

  8. “Lógica e crença religiosa são duas coisas diametralmente diferentes.”

    Nem tanto:

    “Sou cristão, quer dizer que creio na divindade de Jesys Cristo, e nisso acompanho Tycho-Brahé, Copérnico, Descartes, Newton, Fermat, Leibnitz, Euler, Guldin, érrodel, e todos os grandes astrônomos, físicos, e todos os grandes geômatras dos séculos passados. As minhas convicções são o resultado, não de preconceitos de nascimento, mas de profundo exame” – Cauchy (o matemático)

    A lista é realmente bem grande, e vai muito além dos grandes nomes já citados por Cauchy. E estes grandes nomes não são apenas do passado, mas do presente:

    http://www7.nationalgeographic.com/ngm/0702/voices.html

    A mesma entrevista só que em português:
    http://haqqaton.wordpress.com/2007/10/16/entrevista-de-francis-collins/

  9. Ola,

    Encontrei um pequeno erro de digitação em:

    “25 – Você alega que datação por C14 não é confiável por causa de contaminação, mesmo que qualquer tipo de contaminação faria a amostra parecer mais antiga do que ela realmente é.”

    O correto é (…) parecer MENOS antiga(…)

    No mais tá de parabens 😀

  10. Artur

    Isso mostra que Collins acredita em deus. Ok. O que isso tem a ver com raciocínio lógico?

    Vc sabe o que é Lógica, não sabe?

    Aliás, achei interessante isso:

    Collins: Não tenho problema com o conceito de que milagres ocorrem ocasionalmente em momentos de grande importância, onde há uma mensagem a nos ser transmitida pelo Deus Todo-Poderoso. Mas, como cientista, mantenho meus padrões de milagres bem altos.

    Ele acredita em milagres pq quer acreditar que eles existem. Mas não disse quais são eles. 😉

  11. Maurício.

    Obrigado pela correção. Postagem devidamente corrigida. Obrigado pela observação. 😉

  12. “O que isso tem a ver com raciocínio lógico?”

    Humn.. talvez não tenha entendido o que você quis dizer. Se você puder explicar 😉

    “Ele acredita em milagres pq quer acreditar que eles existem. Mas não disse quais são eles.”

    Sim sim, ele acredita porque quer acreditar, assim como um cético não acredita por não querer acreditar.

    E com relação ao Collins não citar os milagres…. Acredito que os milagres em questão são os milagres de cura e não mares se abrindo; até porque o Collins é médico.

    Eu também acho que tenho um padrão bem alto para milagres, acho às vezes que sou bastante cético nesse ponto. Não vejo sentido em milagres ocorrendo a todo momento; como o Collins disse os milagres eram pra ensinar algo e não somente beneficiar as pessoas envolvidas.

    No livro “Os Irmãos Karamazóvi” Dostoiévski comenta sobre milagres (sim, ele era Cristão):

    Oh! bem decerto, no convento (Aliócha) cria perfeitamente nos milagres, mas, na minha opinião, os milagres jamais perturbarão o realista. Não são eles que o levam a crer. Um verdadeiro realista, se é incrédulo, encontra sempre em si a força e faculdade de não crer mesmo no milagre e, se este último se apresenta como um fato incontestável, duvidará de seus sentidos em vez mesmo de admitir o fato. Se o admitir, será como um fato natural, mas desconhecido dele até então. No realista, a fé não nasce do milagre, mas o milagre da fé. Se o realista adquire a fé, deve necessariamente, em virtude de seu realismo, admitir também o milagre. O apóstolo Tomé declarou que não acreditaria enquanto não visse; em seguida diz: “Meu Senhor e meu Deus!” Fôra o milagre que o obrigara a crer? Muito provavelmente não, mas ele acreditava unicamente porque desejava crer; talvez tivesse já a fé inteira nas dobras ocultas de seu coração, mesmo quando declarava: “Só acreditarei depois que tiver visto”. – Livro 1 Capítulo 5

    O resumo disso é: A fé não vem pelos milagres, os milagres vêem pela fé.

    falow…

  13. Humn.. talvez não tenha entendido o que você quis dizer. Se você puder explicar

    Raciocínio lógico se baseia em fatos encadeados até chegar a um resultado intelectual embasado em evidências.

    Fé é apenas vontade de acreditar que algo é real.

    Sim sim, ele acredita porque quer acreditar, assim como um cético não acredita por não querer acreditar.

    Céticos se baseiam em evidências. Vc acredita em Sacis?

    E com relação ao Collins não citar os milagres…. Acredito que os milagres em questão são os milagres de cura e não mares se abrindo; até porque o Collins é médico.

    Todo os religiosos acreditam em milagres e no poder da fé. Mas, na primeira dor de cabeça, correm logo pra primeira farmácia.

    Eu também acho que tenho um padrão bem alto para milagres, acho às vezes que sou bastante cético nesse ponto.

    Parabéns! Continue assim. 😉

    Não vejo sentido em milagres ocorrendo a todo momento; como o Collins disse os milagres eram pra ensinar algo e não somente beneficiar as pessoas envolvidas.

    Pra mim, milagres são dogmas instituídos para que as pessoas possam ter certeza que deus (com letra minúscula, pois me refiro a qq divindade).

    O resumo disso é: A fé não vem pelos milagres, os milagres vêem pela fé.

    Parece a velha receita da pílula contra a sede: Tome cada comprimido com meio litro d’água.

    Todo mundo tem fé em ser curado, mas não desdenham em correr pro hospital. Depois, o médico foi “instrumento de deus” ou qualquer coisa nesse sentido.

  14. “Raciocínio lógico se baseia em fatos encadeados até chegar a um resultado intelectual embasado em evidências.

    Fé é apenas vontade de acreditar que algo é real.”

    Depende do que você quer dizer com “real”. E normalmente “real” é aquilo que lhe é mais conveniente no momento (digo, para o homens em geral).

    Screwtape escreve para seu sobrinho em “Cartas de um diabo a seu aprendiz” (Carta nº 30):

    “Já reparaste como conseguimos tê-los completamente obnubilados quanto ao significado da palavra “real”? Acerca de uma grande experiência espiritual eles dizem entre si: “Não, tudo o que realmente aconteceu é que você ouviu um pouco de música envolvido por um ambiente iluminado”, neste caso “real” significa fatos brutos, separados dos outros elementos da experiência que efetivamente tiveram. Por outro lado, também dirão: “É, é muito fácil falar de pular de um alto trampolim, quando você está aí nesta poltrona; quero ver, quando você estiver lá encima e vir o que é isso realmente”; aqui “real” utiliza-se no sentido oposto, para referir-se não aos fatos físicos (que todos conhecem) mas ao efeito emocional que esses fatos têm para uma consciência humana.

    Qualquer das duas acepções da palavra “real” poderia ser defendida; mas nossa diabólica missão consiste em manter as duas funcionando ao mesmo tempo, de tal modo que o valor emocional da palavra “real” possa colocar-se ora de um lado, ora de outro, conforme covenha aos nossos interesses.

    A regra geral que nossa filosofia já estabeleceu bastante bem entre os humanos é a seguinte: em todas as experiências que possam fazê-los melhores ou mais felizes só os fatos físicos é que são “reais”, enquanto os elementos espirituais são “subjetividades”; já naquelas experiências que possam deprimi-los ou corrompê-los, aí os elementos espirituais são a realidade fundamental, e ignorá-los é pretender fugir à realidade. Assim, por exemplo, a odiosidade de uma pessoa odiada é “real”: é no ódio que se vê como realmente as pessoas são; já o encanto de uma pessoa amada é mera neblina subjetiva ocultando um fundo “real” de apetite sexual ou interesses econômicos. No parto, o sangue e a dor é que são reais, e a alegria um mero ponto de vista subjetivo.”

    E não é que é verdade? 🙂
    ————————————————————–

    “Céticos se baseiam em evidências. Vc acredita em Sacis?”

    Como o trecho dos irmãos Karamazóvi mostra, os céticos se baseiam nas evidências que lhe convêem. Se ele vê algo “sobrenatural” arranja logo a desculpa de que foi uma ilusão ou uma grande coincidência. (O trecho do livro logo acima também responde essa questão)
    —————————————————————

    “Todo os religiosos acreditam em milagres e no poder da fé. Mas, na primeira dor de cabeça, correm logo pra primeira farmácia.”

    Milagres têem uma finalidade, a de salvar a alma, o físico é secundário. Não adianta eu sentir uma dor de cabeça, bater o pé no chão e falar “Deus, exijo que me cure”. Isso é ridículo. Se Ele quiser vai me curar, senão o remédio me ajuda 🙂

    Mas quando alguém toma o remédio e fala “Graças a Deus” está sendo muito justo, porque Ele deu a capacidade ao homem de curar (em algumas situações) a sí mesmo.

    —————————————————————-

    “Pra mim, milagres são dogmas instituídos para que as pessoas possam ter certeza que deus (com letra minúscula, pois me refiro a qq divindade).”

    Porquê? Porque você nunca viu um? Você não acredita nos milagres que algumas pessoas contam (quando muitas vezes até os médicos afirmam que foi “estranho”)? Elas são ignorantes e não merecem consideração nesse sentido? E se o milagre acontecesse com um grande cientista, você pensaria diferente? Nesse caso os fatos brutos não são também a “realidade”(?), ou foi apenas mais uma ilusão da pessoa?

    ————————————————————–

    “Parece a velha receita da pílula contra a sede”

    Na realidade é bem diferente. Você quer ver milagres para crer? Que tipo de milagres; estrelas caindo, o mar se abrindo?

    Durante o Êxodo o povo de Israel foi acompanhado por uma nuvem que fazia sobra sobre eles. A grande maioria achou que aquilo era uma feliz coincidência. Depois, quando estavam com fome puderam capturar várias codornizes (que estavam passando por ali naquele momento – talvez fosse época, isso é irrelevante) e vários disseram “Uau, que feliz coincidência”. Não tem jeito, a dúvida é inerente ao homem.

    Os milagres podem ocorrer (e ocorrem) aos borbotões todo dia e ainda assim a maioria ( e me incluo ) não percebem. É a nossa visão, deturpada, de realidade.

  15. Depende do que você quer dizer com “real”. E normalmente “real” é aquilo que lhe é mais conveniente no momento (digo, para o homens em geral).

    Acho que vc andou lendo Platão demais.

    Screwtape escreve para seu sobrinho em “Cartas de um diabo a seu aprendiz”(…)

    E não é que é verdade? 🙂

    Perdeu tempo citando isso. O “real” nesse caso não é aplicável ao seu sentido absoluto. Diga, o computador à sua frente é real ou não?

    Como o trecho dos irmãos Karamazóvi mostra, os céticos se baseiam nas evidências que lhe convêem.

    Então, um cético pode dizer simplesmente que uma bola de ferro cai do alto de um prédio pq ELE QUER que ela caia? Tá consultado a obra errada, filho.

    Se ele vê algo “sobrenatural” arranja logo a desculpa de que foi uma ilusão ou uma grande coincidência.

    Pois, é. Antigamente, achava-se que havia mortos e almas apareciam em cemitérios nas noites quentes. Apareciam vultos e “luzes” coloridas. Com o tempo, e através de metodologia apropriada, determinou-se que não passa de gases acarretados da decomposição de cadáveres. Céticos procuram PROVAR (coisa que os crentes se recusam a aceitar) suas proposições. Mas, vc não respondeu à minha pergunta. 😉

    Milagres têem uma finalidade, a de salvar a alma, o físico é secundário.

    Isso diz muita coisa. Mas nãoa mim. Vc diz que milagres acontecem, diz que é pra salvar a alma. Diz, mas não prova nenhuma das duas coisas.

    Não adianta eu sentir uma dor de cabeça, bater o pé no chão e falar “Deus, exijo que me cure”. Isso é ridículo. Se Ele quiser vai me curar, senão o remédio me ajuda 🙂

    Em suma, rezas são ridículamente desnecessárias, já que Deus fará qq coisa que queira.

    Mas quando alguém toma o remédio e fala “Graças a Deus” está sendo muito justo, porque Ele deu a capacidade ao homem de curar (em algumas situações) a sí mesmo.

    hahahahahahahahahaha

    Porquê? Porque você nunca viu um?

    Nem eu nem Randi. Tanto que ele ofereceu 1 milhão de dólares e ninguém quer sequer tentar. 😉

    Você não acredita nos milagres que algumas pessoas contam (quando muitas vezes até os médicos afirmam que foi “estranho”)?

    O fato de um médico não dar uma explicação não significa que é milagre. Antes, os processos de curas eram atribuídas a milagres, assim como doenças eram atribuídas a espíritos malígnos. Que nem a passagem onde o Jóquei de Jegue “cura” um rapaz endemoniado. Pela descrição dos sintomas, qq médico pode dizer na hora: EPILEPSIA. E epilepsia não tem cura, mas os ataques são temporários. Taí o seu milagre.

    Elas são ignorantes e não merecem consideração nesse sentido?

    Mentiras não deixam de ser mentiras.

    E se o milagre acontecesse com um grande cientista, você pensaria diferente? Nesse caso os fatos brutos não são também a “realidade”(?), ou foi apenas mais uma ilusão da pessoa?

    Pq será que estes “milagres” só acontecem com quem acredita neles?

    Na realidade é bem diferente. Você quer ver milagres para crer? Que tipo de milagres; estrelas caindo, o mar se abrindo?

    Que tal um tsunami prestes a matar milhares de pessoas e parar no meio do caminho e impedir a tragédia?

    Durante o Êxodo o povo de Israel foi acompanhado por uma nuvem que fazia sobra sobre eles.(…)

    o Êxodo nunca existiu. Leia “A Bíblia não tinha razão”, de Israel Finkelstein e Neil Silverman.

    Os milagres podem ocorrer (e ocorrem) aos borbotões todo dia e ainda assim a maioria ( e me incluo ) não percebem. É a nossa visão, deturpada, de realidade.

    Como Carl Sagan disse: Qual é a diferença entre um dragão invisível, incorpóreo e atérmico de um dragão que não existe?

  16. “Acho que vc andou lendo Platão demais.”

    Ainda não li nada dele 😀
    ———————————————————-

    “O “real” nesse caso não é aplicável ao seu sentido absoluto.”

    Desculpe minha ignorância mas não entendi. Quando que o homem o usa no seu sentido absoluto?
    ———————————————————-

    “Diga, o computador à sua frente é real ou não?”

    Só se o texto que você está lendo (que foi escrito nele) for.
    ———————————————————-

    “Então, um cético pode dizer simplesmente que uma bola de ferro cai do alto de um prédio pq ELE QUER que ela caia?”

    Não, mas se ela caiu quando não deveria ele então encontrará (digo, inventará) uma explicação plausível para isso.

    Só por curiosidade, quando o cristão faz isso?

    ———————————————————-

    “Céticos procuram PROVAR (coisa que os crentes se recusam a aceitar) suas proposições.

    Diz, mas não prova nenhuma das duas coisas.”

    Tá, os cadáveres soltavam puns, e daí? Porque se provou que isso não era sobrenatural as outras deixaram de ser?

    Céticos querem que provemos que Deus existe para então acreditar. Como vamos fazer isso? Se Deus existe está além da matéria, além deste universo. Como eu provo que um ser desses existe? Acho que não tem como, é questão de fé mesmo (escutei um “arrrggg” ?). Mas existem evidências, e muitas!

    Muito do que você acredita é por pura fé. Você não foi à Lua, e pode nem ter tocado numa pedra lunar (quem garante que não foi tirada do quintal de alguém?) mas ainda assim acredita, por fé naqueles que disseram que foram. E se foi tudo uma grande farsa?

    Nota: Não estou dizendo que não acredito que o homem foi à Lua 😉

    Muitos cientistas acreditam na “matéria escura” do Universo porque ela simplismente tem que estar lá senão seus cálculos estão todos errados. Alguém já provou que ela existe? Não, mas existem evidências! E isso alimenta a fé deles na sua existência.

    Para as coisas que podem ser provadas, provas; para todas as outras Fé 😀

    ———————————————————-

    “Em suma, rezas são ridículamente desnecessárias, já que Deus fará qq coisa que queira.”

    Uau, você pensa bem parecido comigo. Já pensei também na importância da oração.

    Eu costumava me questionar do porquê orar se Deus sempre faz o que quer. Mas um dia caiu a ficha, e era mais que óbvio!!

    A oração não é o ato de pedir, a oração é ato de conversar, estar em comunhão. Se algum “cristão” só ora quando quer pedir algo então ele não sabe o que é oração e tá perdendo a melhor parte.

    Contudo, Deus (em algumas ocasiões) deixou de fazer algo porque alguém pediu. Na realidade Ele sentiu misericórida e resolveu mudar sua ação. Ainda assim Ele fez o que Ele queria, ninguém o obrigou.

    Você quer provas de que Deus existe? Então ore a Ele como se Ele existisse e Ele, porque somente Ele pode fazer isso, vai lhe provar. (Você como cético deveria tentar isso antes de considerar perda de tempo).

    ———————————————————–

    “Nem eu nem Randi. Tanto que ele ofereceu 1 milhão de dólares e ninguém quer sequer tentar.”

    Claro, ninguém quer passar vergonha 🙂 Nenhum ser humano é capaz de fazer milagre algum, só Ele.
    ————————————————————-

    “O fato de um médico não dar uma explicação não significa que é milagre.”

    Correto, mas significa que pode ser.
    —————————————————————

    “Pela descrição dos sintomas, qq médico pode dizer na hora: EPILEPSIA. E epilepsia não tem cura, mas os ataques são temporários. Taí o seu milagre.”

    Uai, não sabia que você era formado em medicina.

    Sem contar que um médico na realidade provalmente diria:

    – Hum….. (longa pausa). Interessante….. (outra longa pausa). Pode ser que seja epilepsia, mas precisamos fazer alguns exames.

    ————————————————————–

    “Mentiras não deixam de ser mentiras.”

    Ah tá, você é quem define o que é verdade e o que é mentira no mundo? Algumas eu até concordo que podem ser, mas algumas eu nem me arrisco a comentar.
    —————————————————————

    “Pq será que estes “milagres” só acontecem com quem acredita neles?”

    Não só. Existem casos de pessoas que acreditavam quando presenciaram um.
    —————————————————————

    “Que tal um tsunami prestes a matar milhares de pessoas e parar no meio do caminho e impedir a tragédia?”

    Que tal um grande terremoto não gerar a tsunami? Olha que você mesmo queria que Ele fosse mais preventivo em suas ações 😉
    —————————————————————-

    “o Êxodo nunca existiu. Leia “A Bíblia não tinha razão”, de Israel Finkelstein e Neil Silverman.”

    É aí que o bicho pega, porque um monte de cientistas de respeito escrevem livros tipo “E a Bíblia tinha razão”!!
    —————————————————————-

    “Como Carl Sagan disse: Qual é a diferença entre um dragão invisível, incorpóreo e atérmico de um dragão que não existe?”

    Ah.. essa é fácil. A diferença é que um existe e o outro não, a despeito da sua capacidade de notá-lo.

    ——————————————
    OFF TOPIC

    Como disse no outro tópico, o da mulher que fez o jejum, tô muito atarefado nesses dias então provavelmente vou sumir uns tempos.

    As férias tão chegando 😀

    falow….

  17. Olá, vocês. Bom artigo. Dia desses eu fazia uma pesquisa na web e achei um site super fundamentalista, cheio de teorias de conspirações: .www.espada.eti.br
    Ali achei teses incríveis como a de que o Tsunami na ásia ter sido provocado por um equipamento ultra tecnologico criado pelos “illuminatti” e o clã da estirpe dos “rotschild”.
    Eu gostaria muito de ler os comentários de vocês, ou alguns artigos aqui sobre certas teses que estão nesse site.
    Isso se tuverem tempo, saco e humor.
    grato
    abraços
    Ezra

  18. Artur

    Desculpe minha ignorância mas não entendi. Quando que o homem o usa no seu sentido absoluto?

    Quando é objetivo.

    Só se o texto que você está lendo (que foi escrito nele) for.

    Que texto? Ele pode ter vindo da Matrix.

    Não, mas se ela caiu quando não deveria ele então encontrará (digo, inventará) uma explicação plausível para isso.

    Este “dever” é fora de propósito. As coisas não acontecem com um motivo específico. Pelo menos, ninguém provou nada nesse sentido.

    Só por curiosidade, quando o cristão faz isso?

    Qdo tentam explicar coisas que para eles é inexplicável.

    Tá, os cadáveres soltavam puns, e daí? Porque se provou que isso não era sobrenatural as outras deixaram de ser?

    Que outras coisas?

    Céticos querem que provemos que Deus existe para então acreditar. Como vamos fazer isso?

    Problema seu. Se afirma, cabe-lhe o ônus da prova. ou então que guardem suas opiniões pra si ao invés de virem aqui me encher o saco com ameaças escrotas.

    Se Deus existe está além da matéria, além deste universo. Como eu provo que um ser desses existe?

    Continue assim. Tá indo bem.

    Acho que não tem como, é questão de fé mesmo (escutei um “arrrggg” ?). Mas existem evidências, e muitas!

    Evidência = Prova.

    Mostre as evidências e vc estará provando. 😉

    Muito do que você acredita é por pura fé. Você não foi à Lua, e pode nem ter tocado numa pedra lunar (quem garante que não foi tirada do quintal de alguém?) mas ainda assim acredita, por fé naqueles que disseram que foram. E se foi tudo uma grande farsa?

    Por isso, a Ciência é linda.

    Ela não procura provar que vc está certo. Ela tenta puxar o seu tapete de todas as maneiras possíveis. 😀

    Se não conseguir, então, sua hipótese ganha o Status de Teoria. Ela existe e é demonstrável. E se ocorre em qq parte do Universo, é uma Lei. Cientistas testarão suas hipóteses até não mais poder.

    Depois, ela poderá ser derrubada? Sim, claro. por outra hipótese que passará pelo mesmo processo.

    A Ciência está sempre certa, pq ela mesma se corrige.

    Muitos cientistas acreditam na “matéria escura” do Universo porque ela simplismente tem que estar lá senão seus cálculos estão todos errados. Alguém já provou que ela existe? Não, mas existem evidências! E isso alimenta a fé deles na sua existência.

    Na verdade ainda não têm muitas provas. Assim, racionalmente baseia-se em impecilhos que atestem que ela não existe. Ainda não foi determinado nada que contradiga. Ainda tá valendo. 😀

    Para as coisas que podem ser provadas, provas; para todas as outras Fé 😀

    Se vc quer ver dessa forma, é contigo.

    Eu costumava me questionar do porquê orar se Deus sempre faz o que quer. Mas um dia caiu a ficha, e era mais que óbvio!!

    A oração não é o ato de pedir, a oração é ato de conversar, estar em comunhão. Se algum “cristão” só ora quando quer pedir algo então ele não sabe o que é oração e tá perdendo a melhor parte.

    E estes são a maioria esmagadora. Mas, é bom saber que vc entendeu o que eu quis dizer. 😉

    Você quer provas de que Deus existe? Então ore a Ele como se Ele existisse e Ele, porque somente Ele pode fazer isso, vai lhe provar. (Você como cético deveria tentar isso antes de considerar perda de tempo).

    Eu fui criado numa família devotada à Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana. Estudei em colégio de padres. Fiz catecismo, escolinha dominical etc. Entendo bem a liturgia cristã, aprendi a ler a bíblia em latim e grego. Nunca senti presença nenhuma de deus (segundo o catolicismo).

    Já fui “convidado” a me retirar de uma igreja Beneditina pq tava fotografando (sem flash) o lugar, mesmo ela estando absolutamente vazia (o lindo amor cristão pffff)

    Já fui em mesquita e conversei com o Imã (muito gentil, por sinal. Me deu um exemplar do Corão). Fui a uma Sinagoga e conversei com um Rabino (judeus têm a sua simpatia tb, apesar de serem mais reservados). Fui em terreiro de Umbanda, Candomblé e casa Kardecista.

    Fui em templo Budista e Xintoísta (o chá deles é muito bom, recomendo). Fui até em igreja evangélica (caramba, como eles berram!) e até na Universal (maquequeéaquilo???)

    Cada um deles têm uma visão de deus. Cada visão é conflitante com as demais. Aprendi um básico de hebraico e estudei a bíblia. Tem muita coisa estranha lá. E não tão estranha, depois que vc estuda história. Mas, não vejo nada de divino lá.

    De repente deus existe. talvez não. Mas, com certeza, os conceitos que as pessoas criaram nesses milhares de anos pode ser de muita coisa. Mas, não de um verdadeiro deus.

    Correto, mas significa que pode ser.

    Se vc encara assim…

    Uai, não sabia que você era formado em medicina.

    Tenho muitos talentos desenvolvidos nestes vários anos de vida. 😉

    Sem contar que um médico na realidade provalmente diria:

    – Hum….. (longa pausa). Interessante….. (outra longa pausa). Pode ser que seja epilepsia, mas precisamos fazer alguns exames.

    Enquanto isso, um pastor diria: É COISA DO DIABO!! QUEIMAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ah tá, você é quem define o que é verdade e o que é mentira no mundo? Algumas eu até concordo que podem ser, mas algumas eu nem me arrisco a comentar.

    Eu sim. 😀

    Não só. Existem casos de pessoas que acreditavam quando presenciaram um.

    Nunca conheci ninguém.

    Que tal um grande terremoto não gerar a tsunami? Olha que você mesmo queria que Ele fosse mais preventivo em suas ações 😉

    Então o tsunami ocorreu pq ELE QUIS que ocorresse.

    É aí que o bicho pega, porque um monte de cientistas de respeito escrevem livros tipo “E a Bíblia tinha razão”!!

    Eu li o livro do Keller. E muito daquilo ele não demonstra certeza sobre o que fala. Os do Finkelstein acompanham muitas referências acadêmicas e indexadas, ou seja, que passou pelo crivo de muitos cientistas.

    Ah.. essa é fácil. A diferença é que um existe e o outro não, a despeito da sua capacidade de notá-lo.

    Existe? Então, eu tb tenho um dragão e existem milhões de deuses por aí. O argumento que serve para vc, nesse caso, serve para qq coisa que ninguém possa provar.

  19. Muito Bom!

  20. Se forem só 10, por favor, Arthur, mostre-nos quais e pq os outros são ruins … 🙂

    Suspeito que vc fala isso somente por conveniência religiosa.

  21. Nunca vi uma publicação científica admitindo que a bíblia é 100% verdadeira.
    Cientistas que publicam tais livros, publicam estes como somente livros apologéticos. Você esta usando de um apelo à autoridade para dar validade a seu argumento.

  22. Mais uma pra nossos amigos crentes:

    “vc afirma que seus pecados foram levados na crucificxão do jesus, mas não tem nenhum problema e jogar a culpa dos seus pecados no diabo”

  23. @ Humberto
    Ele diz que são só 10 porque os outros 100 se encaixam nele 😀

  24. Rdiculo esse post, sem embasamento e completamente tendencioso.

    Vá estudar um pouco mais, vá buscar paz no seu coração porque se perde tempo com 101 idiotices não tem paz no coração, não tem o que fazer.

  25. Se vc para pra responder, é pq é um desocupado sem mulher. Tente um homem, então. Coloca uma calcinha de renda que vc pode até arrumar us trocadinhos numa parada de caminhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: