A maior farsa de todos os tempos: Jesus Cristo é um mito solar

deussol.jpgTendo em vista o completo silêncio histórico a respeito de Jesus Cristo, bem como as evidentes ligações deste com o mito dos deuses-solares, Dupuis escreveu o seguinte:

“Um deus nascido de uma virgem no solstício do inverno, que ressuscita na Páscoa, no equinócio da primavera, depois de haver descido ao inferno; um deus que leva atrás de si doze apóstolos, correspondentes às doze constelações; que põe o homem sob o império da luz, não pode ser mais que um deus solar, copiado de tantos outros deuses heliosísticos em que abundavam as religiões orientais. No céu da esfera armilar dos magos e dos caldeus via-se um menino colocado entre os braços de uma virgem celestial, a que Eratóstenes dá como Ísis, mãe de Horus. Seu nascimento foi a 25 de dezembro. Era a virgem das constelações zodiacais. Graças aos raios solares, a virgem pôde ser mãe sem deixar de ser virgem… Via-se uma jovem ‘Seclanidas de Darzana’, que em árabe é ‘Adrenadefa’, e significa virgem pura, casta, imaculada e bela… Está assentada e dá de mamar a um filho que alguns chamam de Jesus e, nós, de Cristo.”

Já mostrei que Jesus repete todos os mistérios dos deuses solares e redentores, pelo que Heródoto, Plutarco, Lactâncio e Firmico puderam afirmar que esse deus redentor é o Sol. De modo que Jesus é apenas mais um deus solar.

Ainda hoje, grande parte do rito cristão é de origem solar. Na Bíblia, encontramos estas palavras: “Deus estabeleceu sua tenda no Sol”, e ainda: “Sobre vós que temeis o meu nome, levantar-se-á o Sol da justiça e vossa vida estará em seus raios”. João diz que “o verbo é a lei, a luz e a vida, a luz que ilumina a vista de todos os mortais, a luz do mundo”. E ainda chama a Jesus de o “cordeiro”, o “Agnus Dei qui tollit peccata mundi”.

Com isto, o Apocalipse fez de Jesus o “cordeiro pascal”, e a Igreja o adorou sob a forma de um cordeiro até o ano de 680. Era o Cristo o Áries zodiacal, vindo de Agnus, com a representação de fogo, o Sol condensado. Origenes justificava a adoração do Sol tendo em vista a sua luz sensível e também pelo aspecto espiritual. Tertuliano reconheceu que o dogma da ressurreição tem sua origem na religião persa de Mitra. Para S. Crisóstomo, Jesus era o Sol da justiça, para Sinésio, o Sol intelectual. Fírmico Materno descreveu Jesus baixando ao inferno, esplendente como o Sol. O domingo, o dia do Senhor, o dia do descanso, procede de Dominus, o deus-sol, o Senhor. Segundo Teodoro e Cirilo, para o maniqueus Cristo era o Sol.

Os Saturnilianos acreditavam que a alma tinha substância solar, deixando o corpo e voltando para o Sol, de onde proviera, após a morte. O antigo rito do batismo determinava que o catecúmeno voltasse o rosto em primeiro lugar para o ocidente, para retirar de si Satanás, símbolo das trevas.

Igualmente, as festas do sábado santo são reminiscências do mito da luta do Sol contra as trevas, na Páscoa. As orações desse ofício são cópia dos hinos védicos. A palavra aleluia, que era o grito de alegria dos persas, adoradores do Sol, quando na Páscoa festejavam a sua volta, significa: elevado e brilhante.

Foram necessários muitos séculos para que a igreja pudesse alienar um pouco do que lembrava que o seu culto era de um deus solar. Entretanto, a história escrita é inflexível e demonstra que todos os deuses redentores ou solares foram tão adorados quanto o mitológico Jesus Cristo. E embora tenha havido longas fases em que foram impostos a ferro e fogo, nem por isto deixaram de cair, nada mais sendo hoje do que o pó do passado religioso do homem.

O certo é que Jesus Cristo é mitológico de origem, natureza e significado. O seu surgimento ocorreu para atender à tendência religiosa e mística da maioria, que ainda hoje teme as realidades da vida e, portanto, procura, para se orientar, algo fora da esfera humana, na esperança de assim conseguir superar a si mesmo e aos obstáculos que surgem diariamente.

O cristianismo é produto de tendências naturais de uma época, aproveitadas espertamente pelos líderes do cristianismo. O judeu pobre e oprimido, não tendo para quem apelar, passou a esperar de Deus aquilo que o seu semelhante lhe negava. O sacerdote, valendo-se do deplorável estado de espírito de uma população faminta e, sobretudo, desesperançada, ressuscitou um dentre os velhos deuses para restaurar a esperança do povo judeu.

E assim, surgiu mais um mito solar, mais um deus com todos os atributos divinos, tal como os que antecederam. O novo deus solar em questão é Jesus Cristo.

Próximo capítulo: Outras fontes do cristianismo

Veja os outros capítulos da série A maior farsa de todos os tempos clicando aqui.

Anúncios

24 Respostas

  1. Inicialmente, gostaria de dizer que pesquisei tudo quanto escreverei.

    Desde os antigos judeus, utiliza-se o Sol para representrar a bondade divina. Mas no livro do Gênese, a escritura demonstra que Deus fez o Sol, e Ele não era o astro.
    As doze tribos são os doze filhos de Jacó:Rubem, Simeão, Levi, Judá, Issacar e Zabulon, os filhos de Lia; com Raquel, teve José e Benjamin; filhos duma escrava: Dã e Neftali; de outra escrava, Gad e Aser.

    Jesus Cristo nasceu duma virgem porque a pureza é louvável e agrada a Deus. Era representado por um cordeiro, pois além de ser um animal conhecido pelos hebreus, é dócil até no caminho do matadouro; segundo a História, Cristo não se exasperou diante dos soldados nem da cruz.
    Fixou-se o seu nascimento no dia 25 para dizer que o paganismo daria lugar à verdadeira religião, além da dificuldade de fixar uma data mais próxima do que o mês de Dezembro.

  2. Jesus Cristo nasceu duma virgem porque a pureza é louvável e agrada a Deus. Era representado por um cordeiro, pois além de ser um animal conhecido pelos hebreus, é dócil até no caminho do matadouro; segundo a História, Cristo não se exasperou diante dos soldados nem da cruz.
    Fixou-se o seu nascimento no dia 25 para dizer que o paganismo daria lugar à verdadeira religião, além da dificuldade de fixar uma data mais próxima do que o mês de Dezembro.

    E… Desculpe amigo, mas acabou de provar a falta de prova histórica de Jesus, além de ter explicado todo o simbolismo por trás dele… Sem tirar o crédito do autor, é claro, que fez um excelente artigo 😉

  3. bom…os dois estão certos…no meu ponto de vista.
    Porquê a parece que quanto mais nos embrenhamos em meio a simbologia religiosa e até mesmo a simbologia pagã,iremos nos defrontar com vários fatores comuns a todas as ceitas existentes, isso é fato. O problema mesmo, é definir onde de fato todas essas ceitas se cruzaram em meio a linha do tempo. Pois, tudo tem uma origem, creio que todas essas ceitas hoje conhecidas tiveram um descendente comum.
    Mais realmente, esta relação com o zodiáco e cultos pagões é uma hipotese que não de descarta. Pois atualmente comemoramos uma festa pagã oficializada pela igreja entre o século 12 e 13 o Carnaval. creio que vocês estão certos, pois é preciso mudar para não perder coisa que o catolicismo aparentemente faz muito bem.
    bom….dexo aqui meu comentário.
    Muito bom seu artigo
    ;D

  4. Essa inculta aí em cima apenas se baseou na Bíblia Moderna para traçar seus comentários que nada mais são do que repetição de histórias criadas pelos hebreus na reforma de Esdras, que fez o favor de reformar o judaísmo e torná-lo como conhecemos hoje, um retrato de um Deus esquisofrênico que mata a todos que estiverem no seu caminho, além de ter escrito nesse tempo as rígidas leis de Levítico, fato é que antes de tal reforma os judeus, que na verdade só se tornaram uma nação de verdade após o exílio da Bailônia e eram cananeus das montanhas, assim como outros povos pagãos, eram idólatras e não monoteístas como muitos pensam, o que comprova isso é a Arca-da-Aliança contendo síbolos Babilônicos, como os querubins, que muitos pensam hoje que são figuras angelicais, além de outras descobertas feitas pela arqueologia Bíblica, a astrologia era uso frequente nesse tempo e isso é comprovado pelol desenhos do zodíacos nas antigas sinagogas. Muitas lendas que encontramos no Gênese têm origens nas estórias sumérias e babilônicas. O Deus que encontramos na Bíblia como sendo Yahweh ou Elohim nada mais é que a corruptela de El, um deus tribal que criou o universo,o céu, a terra, e tudo que existe, ele não tem começo, é eterno, além disso tinha duas esposas e com elas teve sententa filhos. A antiga religião hebraica era aberta a novas crenças, mas tudo isso mudou com a reforma de Esdras, mais ou menos no ando 300 A.C. Agora sobre Cristo, certo é que existem muitas lendas e mitos que podem encobrir o homem por trás. Não se pode cocluir que só porque o N.T. é um livro fictício que não possa ter existido o homem que deu origem ao mito, mesmo que fosse anteriro a este, alguém se recorda de Crestus, o Messias essênio?

  5. Fico feliz ao saber que existem cérebros pensantes ainda no Brasil, apesar de todo bloqueio científico que maquiavélicamente foi instaurado no país.
    Complementando, Jesus, a bíblia e a ICAR, foram inventados por Flavius Valerius Constantinus através do concílio de Nicéia que durou de 313 a 325 DC , posteriomente aperfeiçoado pelo concílio de Trendo.
    Obviamente ´não foi do nada; Como Constantino utilizou um mito humano de Yeshua e por sincretismo transferiu milagres e passagem de deuses do paganismo.
    Como toda e qualquer religião é um mecanismo que controla, manipula e conforma a classe dominada em prol da classe dominante.
    Perguntas para crentes pensarem:
    a) Se o homem é a imagem semelhança de deus, que imagem seria, CAUCASIANO (branco), NEGROÍDE ( negro), MONGOLOÍDE (oriental), sem falar das mais de 200 sub-raças humanas existente?
    b) Se deus é bondoso, por que ele fez os animais carníforos, terremotos, maremotos, vulções, tisumanis, e homens sem escrúpulos ( o diabo não seria uma resposta honesta, visto que foi o seu uniciente deus que o fez, logo deus o fez para fazer o mal)?
    Somente a Evolução explica!!!

  6. Complementando, Jesus, a bíblia e a ICAR, foram inventados por Flavius Valerius Constantinus através do concílio de Nicéia que durou de 313 a 325 DC , posteriomente aperfeiçoado pelo concílio de Trendo.

    Não, não foi. O personagem mitológico Jesus já existia muito antes de Constatino e o Concílio de Nicéia foi para determinar COMO Jesus era divino (se tinha santíssima trindade ou não), mas que ele ERA considerado divino àquela altura. O Concílio de Trento foi feito para afirmar que somente a interpretação da Igreja era válida para os escritos canônicos. Pare de ler Dan Brown.

  7. Por: Engº André Miceno

    Após vivenciar o cristianismo e examinar a bíblia exaustivamente durante 15 anos, e estudar diferentes aspectos religiosos das antigas civilizações, cheguei a conclusão de que Jesus Cristo não é o Deus encarnado, senão vejamos: João 17.3 diz: ” E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti por único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, a quem [tu] enviaste”. Observe: Deus enviou Jesus Cristo à Terra, e crer nisso significa vida eterna de acordo como o N.T.. No entanto, a maioria dos cristãos crêem na doutrina da trindade, a qual contraria a fala do apóstolo João. A concepção trinitariana de Deus teve a sua origem em Concílios e Decretos papais a partir do Concílio de Nicéia (325 d.C).

    Certo é que Jesus Cristo nasceu e viveu de forma similar a todos os grandes deuses solares que o antecederam, basta pesquisar o assunto sem idéias pré-concebidas.

    O cristianismo é uma religião híbrida: uma mistura de judaísmo, mitraísmo, pensamento dos essênios, princípios da religiosidade do Antigo Egito, da Antiga mesopotâmia, Gnosticismo nos escritos de Paulo, basta ler I Coríntios 15 e comparar com os escritos da Gnose, Zoroastrismo, etc. É por isso que os próprios cristãos não se entendem com relação a natureza de Jesus Cristo! As Testemunhas de jeová, por exemplo, dizem, com base em João 1.1, que Jesus é um deus menor que Jeová; isso é tão absurdo quanto crer que Jesus é o Deus encarnado no ventre da virgem. Por falar em virgem, o profeta Jeremias, no capítulo 44, fala que o povo de israel estava adorando a rainha dos céus, que, após muita pesquisa descobri tratar-se da constelação de virgem (virgo), já adorada pelos povos da antiga mesopotâmia, os quais foram grandes astrônomos do passado.

  8. Jesus nunca existiu.

  9. Olha só, não tenho estudo aprofundado, estou estudando a pouco tempo essa questão, más logo digo que o artigo escrito pelo autor é falso,

    Como jesus nasceria dia 25 de dezembro, sendo que nessa época, consta na biblia que os reis magos estavao cuidando da pastagem quando receberam a noticia. sendo que dia 25 de dezembro e um frio intenso, e tempestades todas as oras, e varios relatos mostra que os pastores, cuidados de ovelhas, recolhia-se aos abrigos em novembro, e retornavam para as campinas em março.

    no dia 25 de dezembro, é o dia do sol, realmente, e de varios outros deuses gregos. portanto aprov. em 513 a igreja católica, criou a disgraça do natal, e praga do papai noel. a imundice do carnaval. o hipocrita dia dos mortos. etc.

    estudando mais a fundo o assunto. cada dia da semama no latin é dedicado, a um deus, e cada dia do mes é dedicado a outros deuses. e o mes de julhos a julho cesas, e agosto a augusto cesas.

    me desculpem se falei alguma ignorancia. más é o que penso e sei por enquanto.

  10. Já vi que é difícil acordar os humanos, porque pensam eles que já estão acordados, para eles a religião é como 1+1=2
    .. logo qualquer um que disser o contrário eles chamam-no de maluco.. nada mais direi sobre esse assunto continuem a se enganarem, a matarem- se a invejarem-se em nome de Deus.. ou então Acordem duma vez e vejam que se não lutarem por vocês não avançam, nada alcançam , só se embaraçam e se cansam.. Não há paraíso, Não existe inferno.. e quando morreres tas lixado, acabou aí .. aceita duma vez, e aproveita enquanto podes, quando morreres terminou, ACORDA , e diz o teu pai e a tua mãe para acordarem também.

  11. To gostando desse choque de idéias.

    Acho que Deus, Jesus e os similiares nunca existiram a não ser na cabeça de que os criou. E mesmo que existissem eu não faria diferença pra mim. Nunca consegui nada através deles. Depois que deixei de crer neles e a confiar em mim eu passei sim a viver, a ver o mundo de outra forma. Mas explicar isso pra brasileiros xiiiiiiiiiiiiiii. vai dar o maior trabalho. Mas esse tipo de site já é um bom começo. Valeu, fiquem com … a inteligencia humana.

  12. muito bom o site husahushausha

    desde q eu vi zeitgeist eu entendo pq o mundo eh assim!

    maldita seja a religiao!

  13. Zeitgeist é uma merda. Veja coisa melhor. Aliás, LEIA coisa melhor.

  14. Toda essa discussão é algo sem sentido, sou estudante de história e aprendi a criticar toda a espécie de registros históricos, principalmente a bíblia. Nestes registros temos que tentar observar a intensão do autor, a bíblia tem uma intenção ideológica de passar a imagem de um homem-deus, Jesus como uma representação humana de deus. A origem deste deus é bastante complexa, podemos encontrar varias versões sobre sua vida, existem até aqueles chegam a retrata-lo como um E.T., e há atualmente aqueles que comprovam sua existência negando sua santidade, seu poder de deus. Eu gostaria de pedir ao autor deste artigo as fontes que ele utilizou, o texto é interessante, mas com um titulo bem apelativo: “A maior farsa de todos os tempos: Jesus Cristo é um mito solar”. Você só pode está querendo ser apedrejado! Voltando ao que já disse no inicio, é algo sem sentido tentar discuti sobre isso, pois existe algo chamado fé, e milhões de pessoas já idealizaram através de suas crenças, a existência e santidade de Jesus Cristo, mesmo que se comprove o contrário ainda haverá multidões clamando e chorando aos pés da imagem de Jesus Cristo morto na cruz. E isso seria ignorância? Não, mas sim fé, que pode fazer um mito se tornar real. Com todo o conhecimento histórico que eu tenho, não tenho vergonha de dizer que Jesus é meu ídolo, seus ensinamentos, sua coragem, sua humildade, é exemplo pra qualquer um, é impossível ser como esse Cara, mas é possível fazer pelo menos um pouco do que Ele fez, como respeitar o próximo. Se é Mito ou Real, isso pouco me interessa, o que interessa pra mim é que sua história faz as pessoas menos favorecidas sorrirem mesmo depois de serem humilhadas, faz aqueles que estão entre a vida e a morte terem esperança que serão salvas e que Ele estará a sua espera, Ele nos dá esperança. Se todos procurassem seguir o exemplo de Jesus, talvez o mundo seria melhor!

  15. Vc tem um ídolo alguém que manda odiar os pais, matar quem não concordar com ele e dizer que veio trazer guerra e discórdia? Eu, hein!

    Fontes? Ora, vc como estudante de História deveria saber quem são os principais autores sobre Cristianismo Primitivo: J. P. Meuier, Geza Vermes, Bart Ehrman e Dominic Crossan.

  16. Se é assim que você interpreta os ensinamentos de Jesus, eu te aconselharia ler com mais atenção a Sua história, pois talvez seja por uma interpretação equivocada sobre os conceitos de Deus, que ocorreram e ainda hoje ocorrem as chamadas “guerras santas”. A respeito das fontes, realmente não tive a oportunidade de ler esses autores, o estudo de história é bastante complexo, e as vezes temos que estudar por conta própria para conhecer melhor a história. Obrigado pelas fontes, vou procurar conhecer o trabalho destes autores, já disse que gosto do tema e gostaria de fazer meu trabalho de conclusão de curso sobre isto, foi assim que por acaso vim parar aqui. Respeito a sua opinião, e você tem fortes argumentos, se eu não tivesse uma opinião própria em relação ao tema com certeza estaria concordando com você, mas eu já demonstrei o que eu acho disto tudo: “DISCUSSÃO SEM SENTIDO!”

  17. Mateus 10:34 Não julgueis que vim trazer a paz à terra. Vim trazer não a paz, mas a espada.

    Mateus 5:17 Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição.

    Lucas 14:26 Se alguém vem a mim e não odiar a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.

    Lucas 19:27 Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença

    Tá lá: preto no branco. Interpretar?

    I Coríntios 4:6 – Se apliquei tudo isso a mim e a Apolo foi por vossa causa, para que, por meio de nós, aprendais a não ultrapassar o que está escrito e para que vos não ensoberbeçais tomando partido a favor de um e com prejuízo de outrem.

    Tá lá: não pode interpretar. A Bíblia é literal 🙂

  18. Sinceramente , isso é uma falta de respeito !

  19. Concordo plenamente com vc. Eu também acho muita falta de respeito inventarem mitos e fazerem pessoas humildes acreditarem em mentiras, só pq estas pessoas são pobres ignorantes. Falou TUDO!

  20. Ayrton on 27/11/2011
    O ser humano na verdade não é forte o suficiente para ser solitário,nem independente de outros ou de mitos ou de deuses.
    Assim desde os primórdios da humanidade estão a buscar isso,tudo que sei é que saí do nada cheguei a professor de e biólogo e continuo aprendendo buscando a perfeição a cada dia e não a encontro.
    Aquela fraqueza que citei acima, exige-nos crer em um Deus ou seja meus amigos nenhum de nós chegaremos idosos ao fim sem apoio de uma muleta para nossa caminhada.
    Vejam a flor do maracujá, quanto complexa e rica em detalhes, será tudo fluto do acaso ou temos que pesquisar muito ainda.
    Em resumo, sou meio ateu, graças a Deus!!!!!!!

  21. É importante este debate

  22. perdi tanto tempo da minha vida nestas malditas igrejas apenas prá
    descobrir que tudo não passa de uma grande mentirada,e os pastores
    com aquela carinha de homem santo,mais do que ninguem,sabem a
    pilha de erros absurdos que a biblia possui,mas eles são espertos,
    selecionam na bíblia apenas aquilo que lhes convêm,aquilo que gera
    um bom discurso,aquilo que amedronta os fiéis ou lhes amolece o
    coração.Parabêns e obrigado pelo site.

  23. Jesus é uma fraude sim foi inventado pelo o homem e causou um sério problema para a humanidade se fosse santo ele não permitiria tanto derramamento de sangue em seu nome e outra no velho testamento não diz que seria da linhagem de Davi? Pois Maria é da linhagem de Levi pega na mentira! Fraude sim!

  24. Legal saber que ainda existem pensadores por aqui,mas a maravilha da vida é o poder da descoberta,ainda engatinhamos em muitas frentes da viagem científica e percebo que o avanço da ciência acaba por destruir velhas crenças.Meus queridos amigos céticos,podem ter certeza,estamos no caminho de uma grande revolução do conhecimento,já conseguimos estudar a anti-máteria nos grandes aceleradores e estamos próximos do boson de higgs,Jesus o Nazareno, será apenas uma lembrança de um tempo em que a ignorância humana beirava o troglodita,ou será que vocês esqueceram de Galileu e dos pedidos de perdão do pobre João Paulo II.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: