A maior farsa de todos os tempos: Jesus Cristo, uma cópia religiosa

bhrama.jpgOs artigos anteriores nos permitem constatar que, nas diversas épocas da história, as religiões transformam-se variando em razão da complexidade cada vez maior das sociedades em que elas existem.

Vimos que a crença em um deus redentor é muito anterior ao judaísmo, sempre ligada à ânsia da necessidade de redenção das tremendas aflições do povo. Quanto ao Jesus Cristo, este resultou de uma série de mitos que os hebreus copiaram dos babilônicos, dos egípcios e de outros povos, visando com isto dar consistência ao judaísmo.

Estudos filológicos forneceram as bases para o estabelecimento de um traço de união entre as crenças dos deuses orientais e o judaísmo. Vejamos, por exemplo, as palavras Ahoura-Mazzda e Jeová, que significam “O que é”. Partindo de velhas lendas orientais, e baseando-se na origem comum da palavra, foi compilado o Gênese, numa tentativa de explicar a criação do mundo. Segundo o Zend-Avesta, o Ser Eterno criou o céu e a Terra, o Sol a Lua, as estrelas, tudo em seis períodos, aparecendo o homem por último.

O descanso foi posto no sétimo dia. Manu havia ensinado, muito antes, que no começo tudo era trevas, quando Bhrama dispersou-as, criou e movimentou a água, em seguida produziu os deuses secundários, os anjos dirigidos por Mossura, os quais posteriormente se rebelariam contra Deus. Veio então Shiva, e os prendeu no inferno. Shiva tornou-se a terceira pessoa da Santíssima Trindade Bhramânica em conseqüência das sucessivas invasões bárbaras sofridas pela Índia. Os bárbaros, crendo em Shiva, o deus da lascívia e da sensualidade, impuseram sua inclusão, surgindo assim a trindade divina de Bhrama.

Manu ensinara igualmente que Deus criara o homem e a mulher, fazendo-os apenas inferior a Devas, isto é, Deus. O primeiro homem recebera o nome de Adima ou Adam, e a primeira mulher, Heva, significando o complemento da vida. Foram postos no paraíso celeste e receberam ordem de procriar. Deveriam adorar a Deus, não podendo sair do paraíso. Mas, um dia, indo ver o que havia fora dali, desapareceram. Bhrama perdoou-os, mas expulsou-os, condenando-os a trabalhar para viver. E disse que, por haverem desobedecido, a Terra se tornaria má, porque o espírito do mal dela se apoderara.

Entretanto, mandaria seu filho Vishnu que, se encarnando em uma virgem, redimiria a humanidade, libertando-a definitivamente do pecado da desobediência.

Ormuzd teria prometido ao primeiro casal humano que, se fossem bons, seriam felizes na terra. Mas Arimã mandou que um demônio em forma de serpente aconselhasse a desobedecerem a deus. Comeram os frutos que Arimã lhes deu, acabou a felicidade humana, e todos os que nascessem daí em diante seriam infelizes. Sendo levados cativos para a Babilônia, os judeus ali encontraram tal lenda. Libertos, voltando à Judéia, trouxeram essa crendice, como também a crença da imortalidade da alma e da vida futura, dos espíritos bons e espíritos maus, surgindo daí os anjos Gabriel, Miguel e Rafael, os querubins e serafins. Nasceu daí o mito do diabo, o anjo rebelado.

A palavra paraíso é o termo persa que significa jardim. Os persas, os hindus, os egípcios e os gregos acreditavam no paraíso. Da mesma forma, todos eles acreditavam no inferno. Entretanto, as crenças antigas desconheciam os castigos eternos, que foram criados pelo cristianismo, aliás, uma das poucas coisas originárias dessa crença. Também o purgatório, naturalmente, é outra novidade do cristianismo, sendo desconhecido do judaísmo. A idéia do purgatório vem de Platão, que havia dividido as almas em puras, curáveis e incuráveis.

Os filhos de Adima e Heva haviam se tornado numerosos e maus. Por isso, Deus mandou o dilúvio para matá-los. Mas deu ordem a Vadasuata para construir um barco e nele entrar com a família, devido ao fato de ser um homem virtuoso. Deveria levar consigo, além da família, um casal de cada espécie de animal existente: esta é a história do dilúvio relatada nos Vedas, e que foi incluída na Bíblia dos cristãos.

As origens do cristianismo repousam, incontestavelmente, nas lendas e crenças dos deuses mitológicos, não apenas dos judeus, mas também de outros povos.

Os caldeus e os fenícios, como os judeus, haviam se especializado no comércio, e por dever de ofício, se alfabetizaram. Assim, sabendo ler e escrever, puderam copiar as lendas e o folclore dos povos com os quais comerciavam e conviviam, os quais puderam adquirir longevidade e se fixar melhor na memória humana.

Sendo comerciantes por excelência, os judeus perceberam que a religião poderia se tornar uma boa mercadoria, através da qual adviria o domínio de muitos povos e vontades. Desta forma, tendo compilado o que julgaram mais interessante ou mais proveitoso em relação aos seus propósitos, passaram a difundir pelo mundo as suas idéias religiosas. Com isto, o conhecimento e a razão foram substituídos pelas crendices e superstições religiosas.

Desde há muito a religião tem servido para moderar os impulsos humanos, sobretudo daqueles que pertencem a uma classe social menos favorecida. Saliento o prejuízo que o mundo tem sofrido com o rebaixamento mental imposto com as crenças e superstições religiosas, com o que o conhecimento sofre uma estagnação sensível.

No entanto, o homem tem se deixado levar pelas crenças e práticas religiosas sem que nenhum benefício lhe seja dado em retribuição. O homem tem feito tudo para si mesmo, apesar de sua religiosidade. A única classe beneficiada realmente com a religião é a dos sacerdotes.

Bom, vamos retomar o assunto em pauta, após essa rápida digressão. A Bíblia cita dez patriarcas que teriam morrido em idade avançada, antes do dilúvio. Contudo, essa lenda provém da tradição caldáica, segundo a qual dez reis governaram durante 432 anos. Da mesma forma, as lendas hindus, egípcias, árabes, chinesas ou germânicas fazem referência a homens que tiveram uma longa vida, como a do Matusalém da Bíblia.

Igualmente, a lenda de Abraão, que deveria sacrificar o seu filho Isaac, procede de lendas anteriores ao judaísmo. O livro das profecias hindus relata uma história igual. Ramatsariar conta que Adgitata, protegido de Bhrama por ser um homem de bem, teve um filho que nasceu tão milagrosamente como Jesus. Entretanto Bhrama, para experimentá-lo, lhe ordena que sacrificasse o filho. Ele obedece, mas Bhrama impede-o no momento exato. Seu filho seria o pai de uma virgem a qual, por sua vez, seria a mãe do deus-homem.

José e a mulher de Putifar foi a cópia de uma velha lenda egípcia, conforme documentos recentemente traduzidos. Era uma história intitulada “Os dois irmãos”.

Emílio Bossi, relatando o achado, dá a palavra a Jacolliot: “Um homem da Índia fez leis políticas e religiosas; chamava-se Manu. Esse mesmo Manu foi o legislador egípcio, Manas. Um cretense vai ao Egito estudar as instituições que pretende dar ao seu país, e a história confirma isto dizendo que esse cretense foi Minos. Enfim, o libertador dos escravos judeus chamava-se Moisés, que teria recebido as leis das mãos do próprio Jeová. Temos, então, Manu, Manes, Minos e Moisés, os quatro nomes que predominaram no mundo antigo. Aparecem na hitória de quatro povos diferentes para representar o mesmo papel, rodeados da mesma auréola misteriosa, os quatro são legisladores, grandes sacerdotes e fundadores das sociedades teocráticas e sacerdotais. Esses quatro nomes têm a mesma raiz sânscrita. O hinduismo deu origem ao judaísmo. Por isso, de Jeseu Krishna fizeram Jesus Cristo”.

Documentos recentemente estudados mostram terem sido os hindus os prováveis colonizadores do Egito. A documentação demonstra que o conhecimento nasceu do saber hindu.

A assiriologia mostra que a lenda de Moisés foi copiada da de Sargão I, rei acádio, que igualmente teria sido salvo em um cesto deixado no rio, à deriva.

A lenda de Sansão é outro exemplo. Sansão representa o Sol. O poder que lhe foi atribuído é o mesmo dos deuses solares. E assim, examinando os escritos de antigas civilizações, chegamos ao conhecimento das origens de tudo o que a Bíblia narra como fatos reais. Concluímos então que Jesus Cristo nada mais representa que uma cópia das lendas e mitos dos deuses adorados por povos os mais remotos e variados.

Próximo capítulo: Os deuses redentores

Veja os outros capítulos da série A maior farsa de todos os tempos clicando aqui.

About these ads

58 Respostas

  1. É meu amigo, más com certeza há alguem por ai que possa argumentar com clareza o oposto do que vocês do ceticismo afirmam. No mínino levam a dúvida também.
    COM CERTEZA!!!

  2. Bem que esperamos por isso.

    Um dia eles aparecem (se existirem…)

  3. Oi, André

    Sobre as histórias tão difundidas atualmente pelos “madalenistas”:

    Desprezando-se aspectos políticos da teoria, o que vc,como conhecedor da Bíblia, pensa sobre a defesa do argumento de Sir Laurence Gardner(O santo graal e a linhagem sagrada)de que a mesma traz várias alusões a ritos de fertilidade pagãos, incluindo a própria história de Jesus como(segundo o pesquisador)o noivo-deus sacrificado?

    Obrigada pela atenção!

  4. O mito do Graal começam com os Celtas. Eles se espalharam desde a Ucrânia até a Irlanda, só não criando um vasto império, devido ao seu sistema de Clãs, ou seja, nunca conheceram unificação política (como no caso da Grécia e as suas Cidades-Estado).

    Pois bem, mesclaram este mito (como muitos outros) ao do noivo-deus, Cordeiro de Deus, Jóquei de Jegue ou qq nome que vc queira dar a outro mito: Jesus Cristo.

    Infelizmente, não posso desprezar os aspectos políticos, pois foram por causa deles que tal mito fora criado (favor ler todos os artigos da série A Maior Farsa de Todos os Tempos).

  5. Oi, André,

    Muito obrigada pela sua resposta.

    Creio, no entanto, que talvez vc não tenha entendido muito bem a minha pergunta.

    Quando me referi à teoria, quis dizer acerca da presença, na bíblia,de referências aos arquétipos do noivo-deus sacrificado em prol da fertilidade da noiva-deusa(Terra), presentes nas antigas religiões da Babilônia, Canaã ou, por exemplo, nos ritos de fertilidade sumérios de Damuzi e Inana, representantes do aspectos masculino e feminino, para este povo.

    Alguns historiadores estão identificando o famoso “CÂNTICO DOS CÂNTICOS” como parte destes ritos sumérios.

    Neste contexto, o Santo Graal ainda não vem ao caso, uma vez que foi introduzido na mitologia cristã somente quando o cristianismo ja havia se consolidado como religião, nada tendo a ver com a bíblia, como vc bem disse.

    Quanto ao aspecto político, me referi ao fato de este argumento estar sendo defendido, entre outros, por Laurence Gardner,um genealogista muito requisitado pelas casa reais europeias. Curiosamente, a pesquisa que o levou à alegação de descendência de Jesus e Madalena por parte dessas familias foi custeada, segundo Gardner, por elas próprias.

    Sabendo que é comum à monarquia criar lendas a respeito de suas origens a fim de legitimar pretensões ao poder, preferi desprezar este aspecto porque, logicamente,é matéria rica para outra grande discussão.

    Sendo assim, gostaria de saber se vc ja analisou a bíblia à luz desses ritos pagãos de fertilidade ou se ja conhecia essa discussão.

    É mais um “retalho” na “colcha de retalhos” cultural(a bíblia) em que se baseia a nossa sociedade, não acha?

    Um ABRAÇO!

  6. Salve, Silvana

    Os hebreus, na verdade, não passavam de copiadores das religiões alheias. Isso sem existir google.

    Como já foi postado, cópias descaradas aconteceram, principalmente dos sumérios e outros povos que viviam perto.

    Nada há de original nas histórias míticas dos hebreus. Afinal, não passaram de um monte de tribos dispersas, que tampavam na porrada entre si e nada contribuíram para o desenvolvimento da humanidade em termos de ciência, politica e filosofia.

    Eles não copiaram só os mitos de fertilidade, mas sim tudo o que aparece em sua mitologia. Foram incapazes de inventar uma escrita e gramática características, bem como um sistema matemático.

    Veja os artigos http://ceticismo.wordpress.com/os-anjos-para-que-servem/ e http://ceticismo.wordpress.com/2006/11/09/festival-dos-messias/

    Abraços.

  7. Que isso André? Pega a lista dos premios nobeis. Eles conseguiram manter a unidade a ponto de reconquistar o território. São ateus também. Freud, Marx,Einstein. São homens e mulheres com todas as qualidades e defeitos dos outros. Reviveram a lingua e a escrita. A questão Palestina é complicada. Não é só os judeus que conspiram contra eles. Todos os “brimos” fazem isto. Os arabes não dão colher de chá não. É um problema cultural antigo. Nem todos os judeus são sionistas, e a questão da sobrevivência do estado de Israel,como a de qualquer país, às vezes caminha para o radicalismo. Muitas vezes o conflito se instaura dentro do proprio povo. O que não pode haver é dono da verdade. Quem conhece a doutrina e a filosofia do Zen Budismo, sabe que ali se tem uma maravilha. Eles não tem um lider infalivel e milionário não, e Mahatma Gandhi era hindu.

  8. Que isso André? Pega a lista dos premios nobeis.

    O que tem o premio Nobel com as calças?

    Eles conseguiram manter a unidade a ponto de reconquistar o território.

    Eles quem, cara? Tá surtando?

    São ateus também. Freud, Marx,Einstein.

    Ahhh, entendi… Vc leu “hebreu” e entendeu “judeu”.

    Hebreu (do hebraico עברים, i.e. descendentes de Éber) é o nome do povo que viveu na região do Oriente Médio cerca do segundo milênio a.C., e que daria origem aos povos semitas como os judeus e os árabes, ainda que posteriormente o nome fosse associado apenas aos judeus.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Povo_hebreu

    Os hebreus tiveram uma história de migração, lutas, fugas e cativeiros, mas procuravam e conseguiram preservar sua cultura.

    A civilização hebraica, formada por pastores nômades viviam na cidade de Ur, na Mesopotâmia. Conduzidos por Abraão, partiram de Ur e se estabeleceram na Palestina. No meio do seu território havia o rio Jordão, que fazia da região a área mais fértil e favorável para a agricultura. Eles chegaram a Palestina por volta de 2.000 a. C., esse território era conhecido como terra de Canaã.

    http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/adrienearaujo/historia006.asp

    Dãããããã, judaísmo é uma religião. Hebreus formaram um povo. Parte se distanciou e deu origem aos árabes (e estes são em maioria islamitas). Tanto é que eles (árabes e israelenses) têm o mesmo patriarca: Abraão (que os árabes chamam de Ibrahim).

    Ora, um israelense é quem nasce em Israel e não é , necessariamente, um devoto da fé judaica. Ou será que todo mundo que nasce na Bahia é devoto do Candomblé. :-P

    E para sua informação, ateus não têm religião. Logo, se Marx, Einstein e Freud eram ateus, não acreditavam em deus (seja YHWH ou qualquer outro). E qual é a primeira frase da Shemá Yisrael (Ouve, Israel)?

    Shemá Yisrael Ad-nai Elokêinu Ad-nai Echad
    Escuta ó Israel, Ad-nai nosso D-us é Um.

    E pelo que eu saiba, os judeus têm que saber isso direitim. ;-)

    São homens e mulheres com todas as qualidades e defeitos dos outros. Reviveram a lingua e a escrita.

    Irrelevante à presente discussão. TJR (típca justificativa religiosa) nº 2 e 5.

    Quem conhece a doutrina e a filosofia do Zen Budismo, sabe que ali se tem uma maravilha. Eles não tem um lider infalivel e milionário não, e Mahatma Gandhi era hindu.

    O budismo hindu não é o Zen Budismo. E budismo sequer é religião, e sim uma filosofia. E mesmo que fosse, nada disso tem relação ao que tá sendo debatido aqui.

  9. So duas palavras pra vc andré Seja humilde

  10. Palavras do papa Leão X: “Quantum nobis prodeste haec fabula Christi”! (”Quanto nos é útil esta FÁBULA de Cristo!”)

    “A fábula de Cristo é de tal modo lucrativa que seria loucura advertir os ignorantes de seu erro.” – Papa Leão X

    “Não creria nos Evangelhos, se a isso não me visse obrigado pela autoridade da Igreja”. São palavras de Santo Agostinho. Com sua cultura e inteligência, poderia hoje estar no rol dos que não crêem.

    Em que livro posso encontrar a veracidade destas colocações acima.
    Obrigado.

  11. Sílvio,

    Desculpa a demora. Pedi para o André fazer uma pesquisa sobre estas frases, o resultado é o texto abaixo.

    Isso é relatado na obra do eclesiástico John Bale chamada “The Pageant of the Popes”. E essas palavras ganharam notoriedade por ter sido repetida por Elizabeth I, contemporânea de John Bale. Não há certeza se essas palavras de Bale possam ser 100% verdade, é claro. Mas, vamos examinar a vida de Leão X.

    Devemos lembrar que o Ilustre Leão X foi eleito papa por ser na verdade um membro da família Medici, poderosa na Itália. Era homossexual (proibido pela liturgia católica hehehe), esbanjador e simonista. Organizou uma parada triunfal em Roma que incluiu bobos, músicos e animais selvagens, rematado por um jantar monumental com 65 pratos na ementa.

    O estilo esbanjador do seu reinado e a construção da Basílica de São Pedro deixaram o Vaticano na bancarrota e para culminar, Leão resolveu vender indulgências através do monge Johann Tetzel. Por isso mesmo Martinho Lutero afixou as suas 95 teses na porta da igreja de Wittenberg e iniciou o movimento Protestante.

    Foi um desastre do ponto de vista litúrgico, pois foi o causador da rebelião de Lutero, motivo pela qual iniciou-se a Reforma Protestante. Alguns historiadores comentam que se fosse um papa mais atuante e menos incompetente, a Reforma não teria ocorrido e o Protestantismo jamais existiria.

    Outras frases de Leãozinho:

    * “Se nós fizemos trinta poderemos fazer trinta e um.”

    - Nota: Dito em 1º de julho de 1517, quando criou trinta novos cardeais. Durante a cerimônia nomeou outro sacerdote que lhe pareceu atraente.

    * “Já que Deus nos concedeu o papado, apreciemo-lo.”

    - Nota: Carta a seu irmão Giuliano.

    Exsurge Dómine, bula do papa Leão X (15 de junho de 1520), condenando as declarações de Lutero sobre o pecado, a confissão e a graça:

    * “É uma opinião herética, embora comum, que os sacramentos da Nova Lei dão a graça do perdão àqueles que não representam um obstáculo”.

    * “Os cristãos, em vez de terem medo das excomunhões, devem aprender com elas.”

    * “Os pecados não se perdoam a qualquer um, salvo quando um sacerdote os perdoa e ele crê que os pecados foram perdoados.”

    * “Negar que depois do batismo de uma criança o pecado permanece é tratar com desdém tanto a Paulo como a Cristo.”

    Depois de examinar tudo isso, qual é a probabilidade dele ter dito a referida frase? No meu ponto de vista, uma probabilidade bem alta.

    Estou pensando seriamente em escrever um artigo específico sobre ele. Mas isso só depois de completar a série, que já está demasiadamente grande com os textos de La Sagesse e ainda ficará maior com alguns artigos periféricos.

    Abraço.

  12. Já mencionei aqui que o nosso amigo André está totalmente certo. Aprecio pessoas inteligentes como ele, cada vez mais raras. Os indivíduos preferem acreditar em lendas, pois não precisam estudar, pesquisar e raciocinar. A religião tem o condão de simplificar tudo na base do milagre ou da magia. Sou como o André desde menino, sempre duvidando dessas ¨verdades¨ religiosas que puseram em nossas cabeças. Em mim elas nunca entraram, pois fui ateu desde os 9 anos de idade. A partir dos 26 anos, estudando, entre outras coisas, filosofia, reencarnação e carma, entendi haver uma certa lógica nos acontecimentos e fatos da vida de cada um de nós, individualmente. Temos destinos diferentes, uns nascem em berço de outro, outros nascem em favelas ou em zonas de guerras e conflitos, na miséria e mesmo sem conhecer os pais. Deve haver uma lógica por trás disso tudo, uma razão de ser. Mesmo sendo reencarnacionista e acreditando na existência da Lei do Carma e de uma Força Suprema, não acredito num deus bonzinho, mas, sim, que construímos os nossos destinos na eterninade mediante uma enorme sucessão de vidas. Colhemos sempre o que plantamos em vidas passadas. Cada homem é herdeiro de si mesmo. Adoração é algo primitivo, coisa depessoas ignorantes, no sentido de que desconhecem, por exemplo, que toda religição é criada em cima de lendas, e que não adianta rezarem, pois não serão salvos ou beneficiados por isso. E de nada adianta pedirmos paz no mundo, pois o mal é um bem, na medida que nos impulsiona ao progresso. A Natureza é violenta, estrelas explodem o tempo todo, vendavais, tufões, terremotos e outras catástrofes jamais deixarão de existir no planeta. Animais trucidam outros, para comer, proteger seu território ou quando se sentem em perigo, ainda que imaginado. Nós também nos matamos uns aos outros. Tudo normal. Nada existe de errado na natureza, no universo ou no mundo. Creio que só nossa ações ou omissões contam na evolução. Isso deve valer para todos, inclusive os animais…Não se trata de prêmio ou castigo divino, mas de correções feitas por nós mesmos, tendo em vista a nossa evolução na eternidade. Seria apenas uma mera correção de rumos. De certa forma, sou daqueles que pensa que Deus é cada um de nós e não é, ao mesmo tempo. É algo como na Física ou na Mecânica quântica, o universo das incertezas, onde algo está sendo e não sendo simultaneamente: é e não é, ao mesmo tempo…Bem, isso não é uma teoria científica minha, mas apenas uma simpes conjectura…Abraços a todos…

  13. André, saia dessa se puder!!Dúvido que vc tenha uma resposta cética às conjecturas do Euclides!

    Paz e graca!

  14. Não vejo nada de errado com as conjecturas dele. Não o vi afirmando peremptoriamente que deus existe. O que ele falou da crença dele, deixou patente que é opinião própria.

    Será que vc não entende nada de interpretação de texto, Eduardo? Pelo visto, não.

    Já vc ainda está me devendo as provas de suas afirmações cabais., Estou no aguardo.

  15. Salve a todos

    Quanto ao texto ele é interessante, mas não é imparcial, porque ele apresenta similaridades entre as mitologias como provas cabais de plágio. Como estamos analisando os fatos de forma lógica, devemos lembrar que aqueles que acreditam dizem que as similaridades são provas incontésteis de autenticidade, ao passo que os céticos dizem que não passa de uma enorme coincidência. Da mesma forma, quando em uso próprio, os céticos não podem utilizar as mesmas argumentações antes rebatidas. Até mesmo porque, falando em coincidências, algumas tribos americanas tinham muito antes do descobrimento, certas lendas sobre a criação espantosamente semelhantes aos mitos hebraicos, caldéicos, persas etc. sem falar na mitologia grega e germânica. E mesmo assim isso não prova nada, mas também não desmente. Temos de agir de modo lógico, e vale lembrar que lógico não é necessariamente ceticismo, tanto que muitos filósofos – lógicos por excelência – eram religiosos e supersticiosos, como platão cita na República. Pode-se ser ateu e ter a mente aberta, como pode-se acreditar e ser lógico, basta ter bom senso.
    Devemos investigar, e não aceitar ou negar imediatamente. Isto é ser lógico. E não menosprezar aqueles que duvidam ou que acreditam, se não vamos nos igualar àqueles que criticamos.
    Quanto a parte do texto da srta. Silvana relativo à linhagem sagrada, acho que desta vez religião e ciência se encontram. Porque pela religião é uma BLASFÊMIA. Pela ciência é uma BESTEIRA. Exames de DNA demonstraram que os reis Carolíngios não tinham nenhuma ascendência semita, que dirá de Jesus!Ou seja, mais uma história pra vender livros. Isso é que é um bom uso de lógica.

    Um abraço a todos

  16. Resumindo: O mito de Jesus é apenas similar aos demais mitos e não é mais real que eles.

    Obrigado por sua participação. :-D

  17. André , c é muito competente ao que se propõe.É muito dificil confrontar adormecidos, apegados ao própio sonho!

  18. Isso mesmo Andre
    Não aceite Jesus
    Ele não existe
    Aceite a MIM
    Teu Senhor LÚCIFER
    E Eu te darei o MUNDO
    UUAAHHHÁÁÁÁÁ!

  19. Mais um ser mitológico…

    Qual será o próximo? O Bicho-Papão?

  20. Nossa, tem comentários de todos os tipos aqui….

    Gosto da história das religiões, e é bem interessante como uma lenda de um povo vai migrando para outro, bem legal ;-), como uma coisa vai levando a outra, parece a Lavousier (desculpe, não lembro como escreve): nada se cria, nada se perde, tudo se copia.
    Estudar história é muito interessante.

  21. só falta voc me dizer que até o absurdismo seja verdade ? só falta voc me dizer que o diabo e maçonaria sejam a verdade e deus único ? só falta vc me dizer que o diabo não exista ? só falta vc me dizer que a mentira não exista ?só falta vc me dizer que tudo existe menos deus ? áh tá vou acreditar em vc na outra e outra e outra e outra reencarnação sim…na reencarnação atras de tua bunda HEHE

  22. só falta voc me dizer que até o absurdismo seja verdade ?

    Existe absurdo maior que a Bíblia?

    só falta voc me dizer que o diabo e maçonaria sejam a verdade e deus único ?

    Não. Mesmo pq, não existe esse negócio de deus.

    só falta vc me dizer que o diabo não exista ?

    Ué, e existe?

    só falta vc me dizer que a mentira não exista ?

    A Bíblia é um perfeito exemplo.

    só falta vc me dizer que tudo existe menos deus ?

    O diabo tb não existe.

    áh tá vou acreditar em vc na outra e outra e outra e outra reencarnação sim

    Reencarnação tb não existe. :-D

    na reencarnação atras de tua bunda HEHE

    Nãpo tenho nada a temer pela minha bunda. Crente só sabe acreditar em eventos que não existem ;-)

  23. Um primor de capacidade intelectual.

  24. 93,93!
    André,
    Não venho lhe contrariar em nada, visto q estou d acordo com quase tudo q vc flou. Porém vc ha’ d concordar comigo q o ceticismo ao extremo acaba sendo uma religião(não no sentido religioso da palavra,rsrrsr)…E não precisa ser tão ao extremo assim…Não pense q isso pode ser um paradoxo ou ate’ msm uma loucura. Não é!
    Indubitavelmente a maioria das pessoas ce’ticas procuram no ceticismo a msm coisa q os religiosos procuram na religião, palavras de Dr. Cury entre outros grande homens e a minha tbm…É claro q muitas pessoas preferem acreditar em fa’bulas do q aceitar a verdadeir verdade! Mais isso e’ uma escolha, e devemos respeitar a Vontade de cada um, certo?
    O próprio Freud buscou a vida inteira em seu ceticismo e sua ciência aquilo q ele nunca chegou a encontrar, e o resultado disso foi q no fim de sua vida acabou entrando em profunda depressão, o q demosntra q todo seu perfeito estudo meticuloso e ce’tico ao extremo d nada o ajudou a se livrar d tudu aquilo q ele dedicou sua vida inteira a pesquisar!!! Isso e’ fato grande André.
    Mas se Deus(?) existe ou nao cabe a cada um descobrir…Independente d como fazemos isso…rsrsrs….agora quanto aos textos romanos-alexandrinos da querida igraje cato’lica, isto esta’ mais do q o’bvio q sao todos fraudados….r.srsr..

    Satyan nasti paro Dharma

    FOREAUDS

  25. 93,93!

    21, blackjack!

    Não venho lhe contrariar em nada, visto q estou d acordo com quase tudo q vc flou.

    Eu te mando uma foto minha autografada depois.

    Porém vc ha’ d concordar comigo q o ceticismo ao extremo acaba sendo uma religião(não no sentido religioso da palavra,rsrrsr)…

    E…?

    E não precisa ser tão ao extremo assim…Não pense q isso pode ser um paradoxo ou ate’ msm uma loucura. Não é!

    Não, é nulidade mesmo.

    Indubitavelmente a maioria das pessoas ce’ticas procuram no ceticismo a msm coisa q os religiosos procuram na religião, palavras de Dr. Cury entre outros grande homens e a minha tbm…

    Argumento ad populum e apelo à autoridade. Não dou a mínima pro tosco do Augusto Cury.

    É claro q muitas pessoas preferem acreditar em fa’bulas do q aceitar a verdadeir verdade! Mais isso e’ uma escolha, e devemos respeitar a Vontade de cada um, certo?

    Então, que respeitem o MEU direito de escrever o que quiser no MEU espaço. Que fiquem berrando em suas igrejas.

    O próprio Freud buscou a vida inteira em seu ceticismo e sua ciência aquilo q ele nunca chegou a encontrar, e o resultado disso foi q no fim de sua vida acabou entrando em profunda depressão, o q demosntra q todo seu perfeito estudo meticuloso e ce’tico ao extremo d nada o ajudou a se livrar d tudu aquilo q ele dedicou sua vida inteira a pesquisar!!! Isso e’ fato grande André.

    Especulação sua, carente de embasamento. Seus “fatos” não me dizem nada. Jesus continua sendo fábula.

    Mas se Deus(?) existe ou nao cabe a cada um descobrir…

    Estou me lixando pros outros. Eu escrevo a minha opinião. Pessoas inteligentes teriam entendido isso. parece que não foi o seu caso.

    Independente d como fazemos isso…rsrsrs….agora quanto aos textos romanos-alexandrinos da querida igraje cato’lica, isto esta’ mais do q o’bvio q sao todos fraudados….r.srsr..

    Então, vc chegou aqui pra falar suas visões sobre os céticos. Legal. Pena que não é isso que trata o artigo.

    Satyan nasti paro Dharma

    Blé.

  26. Parabéns andré, seu texto foi bem contundente…., também não acredito em muita coisa, as pessoas falam que éo demonio em mim,, pois veja um exemplo, um amigo evangélico trabalhava de moto em consertos em residencia , certa vez ele foi parado em uma blitz policial e teve sua moto apreendida, ele voltou a pé para o serviço cabisbaixo, assim que ele chegou na empresa ele relatou o ocorrido a todos, alguns evangélicos que estavam lá, diziam- foi o diabo que se levantou contra ti, para que vc perca o emprego..e ali ficaram lamentando por algum tempo, quando cheguei eles ficaram meio quietos porque sabem como levo este tipo de assunto, quando perguntei a ele o motivo da apreensão, eis a resposta – eu estava com o ipva da moto vencido a seis meses….. olhei pra ele e disse – voce ainda tem coragem de culpar o diabo ou quem quer que seja… ou seja sempre deduzi que as pessoas precisam de algo para sobreviver de fantasia , pois se acreditarem que tudo é culpa da evolução, a teoria em que acredito..elas ficam perdidas e desorientadas…… Em todo caso seja evolução ou criacionismo, as pessoas tem que viver da melhor forma possivel , pois muitas buscam a vida eterna , mas acho esta vida que estamos preseciando que devemos apreciar…. no fim aprecio fatos e não suposiçoes ou lendas, acredito que seja isso que voce segue, posso estar errado, não busca verdades só não acredito em tudo que vejo seja certo ou errado, acho que é isso que chamam de livre arbitrio. obrigado.

  27. ola andre ! gostaria de saber a sua opinao sobre a conversao de saulo de tarso ! porque alguem procura matar uma lenda e logo esta pregando esta mesma a todos os povos da terra ? sei que nao tem muita afinidade com a palavra de deus mas vou orar e jenjuar pela tua vida! grande abraco e tenho certeza que com sua grnde inteligencia deus vai mudar a vida de muitos outros como aconteceu com paulo

  28. caro andre perdi minha irma a duas semanas atras ela estava com cancer e teve uma morte extremamente dolorosa ;labios que nao paravam de sangrar dores por todo corpo sem contar que a pela mais parecia que estava plastificada mas em meio a tanto dor e sofrimento ela fez uma confissao aceitando a jesus como senhor e salvador da tua alma e quando realmente ja estava quase pra partir ela rec ebeu a visita de um ser trajando branco e com muita mansidao lhe chamou pelo nome e dissse-lhe que veio busca-la! ela sussurou algo e entao dormiu pra acordar num futuro muito breve ! o que pensa sobre isso?

  29. ola andre ! gostaria de saber a sua opinao sobre a conversao de saulo de tarso ! porque alguem procura matar uma lenda e logo esta pregando esta mesma a todos os povos da terra ?

    Pelo mesmo motivo que muitos se convertem ao islã para se tornar homens-bomba. Que tal?

    sei que nao tem muita afinidade com a palavra de deus mas vou orar e jenjuar pela tua vida!

    Mentir é pecado. Sabemos que vc não vai orar E MUITO MENOS jjuar. Aliás, seu Jesus (segundo o mito) falou sobre pessoas falsas que dizem que jejuam só para parecerem os tais. Tsc Tsc. Será que vcs não leem o próprio livro?

    grande abraco e tenho certeza que com sua grnde inteligencia deus vai mudar a vida de muitos outros como aconteceu com paulo

    Realmente. No hospício tá cheio desse pessoal.

    caro andre perdi minha irma a duas semanas atras ela estava com cancer e teve uma morte extremamente dolorosa ;labios que nao paravam de sangrar dores por todo corpo sem contar que a pela mais parecia que estava plastificada mas em meio a tanto dor e sofrimento ela fez uma confissao aceitando a jesus como senhor e salvador da tua alma e quando realmente ja estava quase pra partir ela rec ebeu a visita de um ser trajando branco e com muita mansidao lhe chamou pelo nome e disse-lhe que veio busca-la! ela sussurou algo e entao dormiu pra acordar num futuro muito breve ! o que pensa sobre isso?<

    Cada um acredita no que quiser. Se vc acha que um deus amoroso faz alguém sofrer horrores só para esta pessoa se converter a ele, é contigo. Eu sou daqueles que cai de pé e não vou ficar de 4 orando pro seu deus só por que eu estou morrendo e fiquei com medinho de ir pra um inferno que não existe. E se for pra ir pro Inferno, eu prefiro, pois nunca serviria a um deus psicopata como esse seu.

    Sem problemas, nada disso é verdade mesmo. Agora, ao invés de falar merda dizendo que vai jejuar, vá a um asilo e deixe uma cesta básica lá todo mês. O tipo de coisa que vc fará tanto quanto jejuar por mim…

  30. Quanta dor de cabeça nos trouxe essa fábula do Cristo!

  31. Religiões,religiões,ao longo dos séculos e milênios só provocaram guerras,sofrimento,destruição e riquezas às castas de sacerdotes patifes e insanos como os políticos de plantão.
    Aliás a política e religião andam juntas,são canalhas e perfeitas para um povo que gosta de pão e circo,O povo gosta de ser enganado,não gosta e pensar e muito menos descobrir a verdade.Não existe religião acima da verdade e a verdade o que é?

  32. Caro André,

    Estava argumentando c/ um crente aq na minha cidade e respondi ao imbecil:se “Deus’ existisse mesmo ele naõ nos faria c/ tantas diferenças,c/ tantos defeitos físicos,c/ tantas anomalias genéticas,psicológicas (já q a psicopatia p/ mim é anomalia) e tal e assim ele respondeu:”se tds fossem =s nada teria graça,deus nos fez diferentes ,variados p/ isso mesmo que existe o inferno,p/ castigar as almas ue pecaram aq na terra”
    Andre´,o que vc acha de crentes e evangélicos sempre c/ os mesmos argumentos?Como posso me livrar desses cânceres,se é q posso chama´-los assim já q até cancer evolui (rs)!!!

  33. Esse andré é bem sem educação…postei um comentario e ele deletou…não sei o pq!!

    imbecil…

    Abraço,André.

  34. Foi mal,vc não deletou…peço desculpa!!

  35. o´senhor jesus tenha piedadi deças almas imundas…
    Xará vc vai por inferno se continuar asim….

  36. Eu não deletei, Zé. Simplesmente o blog é com sistema de aprovação. Ele depende que eu aprove os comentários, para evitar que idiotas venham aqui e fiquem me xingando de graça.

    Da mesma forma que vc fez.

    Sobre os crentes? Eu não perco tempo discutindo com eles. No máximo, fico aqui fazendo-os passar vergonha.

  37. E o senhor tenha piedade da língua portuguesa.

  38. “Eu não deletei, Zé. Simplesmente o blog é com sistema de aprovação”.

    Já me desculpei c/ vc zezinho..

    “Ele depende que eu aprove os comentários, para evitar que idiotas venham aqui e fiquem me xingando de graça”

    Tlvz fui um idiota de pedir 1 conselho p/ vc…

    “Um tolo encontra sempre outro,mais tolo,que o admira.”(Nicolas Boileau)

    “Sobre os crentes? Eu não perco tempo discutindo com eles. No máximo, fico aqui fazendo-os passar vergonha”

    Muito bom…parabéns…

  39. Andre,escrevo da manera como eu queru…nao estol aqui p ti agradar e muito menos pá ser corrigido por uma besta que nem vosse…
    ]
    Abraço

  40. Que isso!!!
    Esse tal andré (crente) ao invés de ficar se babando por Jesus deveria correr atrás de um Aurélio…

  41. Acabei me esquecendo…André (cético) é bem nervosinho mesmo…estava em um outro blog e vi seus comentarios…são inteligentes porém hostis d+…muito hilário…hauhauhauahau…

    Abraço

    Viva o Atlético/MG…

  42. Andre,escrevo da manera como eu queru…nao estol aqui p ti agradar e muito menos pá ser corrigido por uma besta que nem vosse…

    Pelo menos, eu não sou analfabeto.

  43. André (crente),vc escreve da sua maneira sim,mas seu lugar não é aqui…vc não sabe ler???
    Este blog não é assunto qualificado p/ pessoas do seu nível intelectual e mental…se vc põe sua opinião aqui não espere elogios e muito menos respeito por suas palavras tão tolas e dignas de lástimas…
    Va´estudar portugues,seu jumento de pastor…

    Vaza!

  44. Olá André…

    Realidade é a pratica da verdade,precisamos viver com realidade para isso precisamos estar na verdade,então quem é a verdade?quem fala a verdade?a ciência é a verdade ou é o lógico?o logico é a verdade?Cada um tem um conceito diferente,um cientista fisico e matemático muito popular (Einstem) disse: Se Deus realmente existe Ele é um exelente Matematico e fisico.Einstem realmente era demais, ele era ateu (Disem) ,mas no seu interior ele buscava Deus com toda sua sabedoria ele sentia uma vontade de entende-lo.Porém Deus é Espirito, e so o vemos com fé, se você relutar a existencia Dele você nunca o vera e seu interior nunca será preenchido e cada vez mais se sentira vazio. “Dentro do homem a um vazio que é do tamanho de Deus.”mediti nessas palavras e peça a Deus que se revele a você com Fé.

  45. Einstein nunca falou nada disso e eu te desafio a me trazer o artigo no qual ele falou tal coisa. Ele nunca buscou deuses em lugar nenhum, pois ele não acreditava um deus pessoal. Simples assim. E faça o favor de escrever direito da próxima vez.

  46. Roger,

    A verdade se revela a cada segundo,a cada minuto, a cada dia…basta refletir e não imaginar!Basta olhar a sua propria consciencia,seus pensamentos e seus instintos como mais um mero e acidental animal aqui na terra.È o que eu penso.
    Quem fala a verdade?Evidencias e fatos e´o que + se aproximam da ilusao da verdade!A ciencia não é a verdade e nem o lógico…é apenas um instrumento que nos leva a pensar!Eisntein não era ateu…ele apenas não acreditava no deus das religiões postas aos homens a ferro e fogo.Ele acreditava em um deus imaterializável que naõ podia recompensar e nem castigar suas criaturas.Se deus é espírito como podemos ser a sua semelhança?Nao reluto,sou apenas um primata que evoluiu ,como todos nós…não precisamos de buscar um ser imaginário…e sim buscar pessoas que nos fazem sentir vivos e importantes p/ continuarmos vivendo.Uma frase p/ vc de Friedrich Nietzsche :”É em ti mesmo que se coloca o enigma da existência: ninguém o pode resolver senão tu!”

  47. caro André!

    - sou marxista e ateu convicto; porém me falta muitos argumentos para contestar alguns argumentos dos evangélicos com relação à bíblia.
    - eu gostaria, se possível, que vc me indicasse alguns documentos históricos, literaturas etc
    onde eu pudesse pesquisar e me me prepara melhor para o debate com os cristãos.

  48. Andre…se vc nao acredita na biblia entao vc nao tem + salvaçao.

  49. E quem disse que eu quero ser salvo?

  50. “E quem disse que eu quero ser salvo?”

    hauahauahauahauahau

  51. Esses “crentes” são extremamente dissimulados,mentirosos,falsos e BURROS!!Eles fingem acreditar em coisas que eles mesmos riem por dentro!Eles camuflam o que eles saõ na realidade frequentando igrejas e cultos.

    Deus deve ter misturado um pouco de barro e Activia…bebeu e disse :caguei os evangélicos!

  52. O Cristianismo de Jesus de Nazaré é um absudo .
    Precisará um dia o D-us altissimo vim para dizer que Jesus é farsa, assim libertar o mundo desse parasistismo chamado Cristianismo de Jesus de Nazaré.

  53. deus nao existe !!!, ha de chegar um dia , sei lá daqui ha milhares de anos , que esse mito vai ser apenas uma historia de um povo primitivo desprovido de inteligencia , mas infelizmente temos que viver com eles

  54. Olá André!
    Eu faço graduação em Filosofia na UFC Cariri. Estou fazendo uma pesquisa relacionadda a deus, religião e etc. O autor que mais estou estudando é o Espinosa. Assisti um documentário sobre o assunto referente e gostei. Mas como toda pesquisa não pode ser baseada em apenas uma fonte, eu procurei na internet mais coisas e encontrei seu blog. Gostei muito, sem falar que ri demais com os coméntários dos hipócritas-cristãos que nem ao menos conhecem a bíblia para argumentar algo. Queria saber se você pode me dar alguma dica ou recomendar-me algum autor para melhorar a pesquisa e obter mais conhecimento sobre o assunto.
    Abraços, Grycia.

  55. Ah, e como diria Espinosa: “A verdadeira salvação está no verdadeiro conhecimento.”

  56. Se uma mulher fica-se gravida antes de casar,seria morta a pedradas,Maria não quis isso.Por isso a mentira de ter ficado gravida de um raio deluz.
    Existe materiasde mulheres que ficaram gravidas semperder a virgindade, e so procurar em depoimentos de medicos ginecologistas e obstetras.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 79 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: